OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,889 Arapiraca, 26ºC Estrelado

Editorias

12/04/2019 07:22
Arapiraca
HE do Agreste aplica metodologia inovadora na Residência Médica
Na metodologia o médico-residente é avaliado todos os dias em suas habilidades e capacidade cognitiva
/ Foto: Assessoria
Assessoria

Iniciada no dia 1º de março deste ano, pela primeira vez na história da maior unidade de saúde do interior de Alagoas, a Residência Médica do Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, está adotando a Metodologia Ativa, que é um processo inovador para a instrução dos profissionais recém-formados na área da medicina no Brasil.

O anestesiologista Rafael Martins, que é presidente da Comissão de Ética Médica do HE do Agreste, revela que a metodologia aplicada coloca o hospital na vanguarda, uma vez que a instrução é baseada na orientação das Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN), preconizada pelo Ministério da Educação (MEC).

“Essa metodologia é mais voltada para a prática médica e, outra inovação, é que temos o auxílio da pedagoga Djenane Costa”, explica Rafael Martins, acrescentando que o médico-residente é avaliado todos os dias em suas habilidades e capacidade cognitiva, entre outras observações.

De acordo com o edital, publicado no ano passado, o hospital ofertou três vagas do Programa de Residência Médica para as áreas de Emergência Pediátrica, Medicina de Emergência e Anestesiologia.

Rafael Martins falou do total apoio da diretora-geral, médica Regiluce Santos e equipe, bem como da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) no programa de Residência Médica, que tem o nome da senhora Maria de Los Mercedes Gregório Martin de Azevedo, num reconhecimento ao empenho e dedicação a serviço da anestesiologia.

Ele adiantou que, inicialmente, o programa começou pela anestesiologia e, em seguida, serão preenchidas as vagas nas outras duas áreas.

Para o médico-residente Egídio Lima, de 32 anos de idade, formado em Medicina pela Universidade Estadual de Pernambuco (UPE), a experiência está sendo muito proveitosa, no Hospital de Emergência Daniel Houly, em Arapiraca.

“No início, fiquei preocupado pelo fato de ser a primeira residência aqui no hospital, mas estou percebendo avanços e será muito útil para mim e para a unidade a prática e essa troca de conhecimentos”, afirmou.

Rafael Martins disse que o Programa de Residência Médica do HE do Agreste está em consonância com a Resolução 2.174/2018 e terá duração de três anos, conforme prevê a regulamentação do MEC.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Arapiraca