OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 4,148 Arapiraca, 20ºC Parcialmente nublado

Editorias

26/06/2019 08:22
Arapiraca
H1N1: Arapiraca registra três óbitos em dois meses
Dois adultos e uma criança, dos bairros Planalto, Novo Horizonte e Santa Edwiges
Alerta: provavelmente existe a circulação do vírus no município / Foto: Reprodução
Laís Pita com Assessoria

A Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Saúde, publicou, nessa terça-feira (25), nota atualizada com informações a respeito da situação de Influenza H1N1 no município, após a contadora de 63 morrer em Recife vítima da gripe. Mas ela não foi a única, entre maio e junho, a Capital do Agreste registrou outros dois óbitos confirmados com a doença.

“A Secretaria se coloca à disposição dos profissionais de saúde do Município e a população em geral para esclarecimentos que se fizerem necessários sobre questões relacionadas à Influenza”, afirmou Glifson Magalhães, secretário Municipal de Saúde.

Confira a nota na íntegra:

ATUALIZAÇÃO SOBRE INFLUENZA (H1N1) NO MUNICÍPIO DE ARAPIRACA

A Secretaria Municipal de Saúde vem atualizar a informação a respeito da situação de Influenza H1N1 no município de Arapiraca, que conta com a confirmação de três óbitos por Influenza A – H1N1 nos meses de maio e junho/2019, com 2 óbitos em adultos e 1 óbito em criança, dos bairros Planalto, Novo Horizonte e Santa Edwiges.

Pelo fato de não ter sido registrado deslocamentos dos pacientes para outras cidades/estados onde estão tendo casos, pode se afirmar que existe a circulação do vírus no município de Arapiraca e chamar a atenção da população para a necessidade de manter a vigilância do adoecimento por gripe, levando em consideração os sinais e sintomas elencados pelo Ministério da Saúde, devendo procurar uma Unidade Básica de Saúde perto de sua residência para o atendimento médico, que pode estar fazendo a avaliação e a suspeição diagnóstica, iniciando o protocolo de tratamento, bem como encaminhando para hospitalização os casos que apresentarem a devida necessidade.

1 – A gripe, ou influenza sazonal, inicia-se em geral com febre alta, seguida de dor muscular, dor de garganta, dor de cabeça, coriza e tosse.
2 – A febre é o sintoma mais importante e dura em torno de três dias. Os sintomas respiratórios como a tosse e outros, tornam-se mais evidentes com a progressão da doença e mantêm-se em geral de três a cinco dias após o desaparecimento da febre.
3 – Alguns casos apresentam complicações graves, como pneumonia, necessitando de internação hospitalar. Devido aos sintomas em comum, pode ser confundida com outras viroses respiratórias causadoras de resfriado.
4 – Os grupos prioritários que merecem maior atenção são idosos, crianças, gestantes e pessoas com alguma comorbidade, pois possuem um risco maior de desenvolver complicações devido à influenza.
5 – Recomenda-se a adoção das seguintes medidas preventivas:
• Cobrir o nariz e a boca com lenço, ao tossir ou espirrar, e descartar o lenço no lixo após uso.
• Lavar as mãos com água e sabão após tossir ou espirrar.
• No caso de não haver disponibilidade de água e sabão, usar álcool gel.
•Evitar tocar olhos, nariz ou boca.
6 – A Secretaria Municipal de Saúde de Arapiraca coloca-se à disposição para os esclarecimentos que se fizerem necessários.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Arapiraca