OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,889 Arapiraca, 25ºC Parcialmente nublado

Editorias

12/07/2018 16:19
Esporte
"Faltou experiência ao time e à comissão técnica", diz Parreira sobre queda do Brasil
Ex-comandante da Seleção afirma que "Copa é decidida no detalhe" e fala em identificar problema que impede o Brasil de conquistar um Mundial desde 2002: "Não é fácil ser campeão do mundo"
/ Foto: GloboEsporte

 Comandante da seleção brasileira na conquista do tetracampeonato mundial, em 1994, Carlos Alberto Parreira apontou a falta de experiência como um fator primordial para a eliminação do Brasil nas quartas de final do Mundial da Rússia. Membro do grupo de estudos técnicos da Fifa (TSG, na siga em inglês), o ex-treinador afirmou que o time de Tite tinha potencial para ir mais longe, mas não soube lidar com os "detalhes" da competição.

- Nesta Copa, faltou experiência de Copa. Tínhamos bons jogadores, mas poucos com Copa. O estafe técnico também. O Brasil poderia ter ido mais longe na Copa. Fomos melhores no segundo tempo, controlamos o jogo, tivemos chance de marcar. Mas a Copa é muito decidida no detalhe. Mas continuamos sonhando em ganhar no Catar. Estamos sempre buscando ganhar a Copa do Mundo. É como uma religião para nós - disse, em entrevista coletiva.

 

Comandante da seleção brasileira na conquista do tetracampeonato mundial, em 1994, Carlos Alberto Parreira apontou a falta de experiência como um fator primordial para a eliminação do Brasil nas quartas de final do Mundial da Rússia. Membro do grupo de estudos técnicos da Fifa (TSG, na siga em inglês), o ex-treinador afirmou que o time de Tite tinha potencial para ir mais longe, mas não soube lidar com os "detalhes" da competição.

- Nesta Copa, faltou experiência de Copa. Tínhamos bons jogadores, mas poucos com Copa. O estafe técnico também. O Brasil poderia ter ido mais longe na Copa. Fomos melhores no segundo tempo, controlamos o jogo, tivemos chance de marcar. Mas a Copa é muito decidida no detalhe. Mas continuamos sonhando em ganhar no Catar. Estamos sempre buscando ganhar a Copa do Mundo. É como uma religião para nós - disse, em entrevista coletiva.

Mas, para Parreira, o caminho para que o Brasil seja novamente vitorioso passa pela manutenção de Tite no comandao da seleção brasileira.

Assuntos badalados durante toda a Copa do Mundo, as faltas sofridas por Neymar e as reações intensas do craque também foram abordadas na entrevista dos membros do TSG. O ex-craque holandês Van Basten fez uma crítica direta ao brasileiro - que acabou virando meme nas redes sociais por rolar em campo.

- Eu acho que simular não é uma boa atitude. Eu acho que você tem que ter espírito e isso não vai te ajudar. Eu acho que ele pessoalmente deveria entender essa situação - disse o holandês.

Parreira, por sua vez, defendeu o craque brasileiro - que, apesar de ficar marcado por supostas simulações e reações exageradas, costuma, de fato, ser caçado pelos adversários.

- Ele é muito agredido tambem. Ele atrai essa mídia toda contra ele. O importante é que ele pode nos ajudar - pontuou o ex-treinador.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: GloboEsporte 

 

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Esporte