OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 4,177 Arapiraca, 27ºC Chuvas esparsas

Editorias

11/07/2019 11:46
Esporte
Poker nordestino se consolida como um dos mais fortes do país
Alagoas também tem grandes competidores e um deles é Rogério Siqueira; Direto de Arapiraca, o jogador tem um currículo já extenso com participações nos torneios mais relevantes do Brasil
Rogério Siqueira, de Arapiraca, em Alagoas / Foto: Divulgação
Divulgação

 Profissionais de muita qualidade, confrarias especializadas e campeonatos de destaque. No Nordeste, o poker é disputado no mais alto nível e o crescimento da modalidade nos últimos 15 anos fez com que Estados como Ceará, Bahia, Alagoas, Rio Grande do Norte e outros se tornassem grandes potências das cartas.

No Nordeste, o que não faltam são campeões que se destacam a nível nacional. Nomes como Oderlândio Moura (Ceará), Rogério Siqueira (Alagoas), Alen Fillipi (Alagoas) e Bruno Foster (Ceará) são alguns dos excelentes competidores que elevam a reputação do poker nordestino.

Dupla de cearenses muito boa

O primeiro citado, Oderlândio, tem uma carreira impressionante nos torneios nordestinos e a nível nacional. Veterano nas mesas, desde 2014 o cearense vem disputando competições de grande escala. Desde então, ele já venceu dois eventos do gigantesco World Series of Poker Internacional Circuit (WSOP).

A primeira conquista de peso veio em 2016, quando ele se tornou o grande campeão do evento principal do WSOP Internacional Circuit disputado em São Paulo. Na ocasião, para ficar com o maior prêmio da carreira (R$ 750 mil), Oderlândio teve que superar mais de mil competidores.

Já em 2017, Oderlândio não venceu o evento principal do WSOP Internacional Circuit, mas cravou um torneio secundário do circuito de destaque no Deepstack Hero Event #39 realizado em São Paulo. Dessa vez, a bolada não foi tão grande quanto a primeira, no entanto, rendeu um ótimo cheque de R$ 65 mil.

Outro representante de muito sucesso do Ceará, Bruno Foster tem uma carreira premiada com excelentes participações. Sexto brasileiro mais bem remunerado da história do poker brasileiro (de acordo com o site Hendon Mob), o jogador tem grande experiência internacional.

Seis brasileiros já conseguiram conquistar um título paralelo ao evento principal do World Series of Poker em Las Vegas, mas só Foster foi capaz de chegar à mesa final do evento principal. Essa proeza aconteceu em 2014, quando o cearense ficou em oitavo e abocanhou o prêmio de US$ 947 mil.

Além do tradicional Texas Hold’em em que a maioria dos torneios são disputados, o Nordeste também tem bons competidores no Omaha, uma variante de muito destaque do poker. Um deles é justamente Foster, que já conquistou grandes resultados Brasil afora com essa modalidade.

Assim como Oderlândio, Foster já foi campeão de um evento paralelo ao principal no WSOP International Circuit disputado em São Paulo. Ele conseguiu o feito em 2016, na modalidade Omaha.

Atual campeão do Nordeste, alagoano é vice-líder de circuito nacional

Há alguns anos existe o Nordeste Poker Series (NPS), circuito que fomenta o poker na região e que ajuda a revelar novos talentos. No ano passado, o campeonato fez com que o alagoano Alen Fillipi se destacasse como nunca antes.

Campeão do ranking de pontos do circuito do NPS de 2018, Alen entrou para os holofotes do poker com muita qualidade e rapidamente se tornou um dos maiores representantes do poker de Alagoas.

Entre os dias 17 e 18 de julho, por exemplo, Alen será um dos alagoanos que defenderão o Estado no Campeonato Brasileiro de Poker por Equipes (CBPE), competição que reúne as 20 melhores seleções estaduais do Brasil em uma disputa sadia entre os times.

Mantendo a excelente fase do ano passado, atualmente Alen é o segundo colocado do Kings Series of Poker (KSOP). Segundo circuito mais relevante do país, o alagoano já disputou todas as três etapas já realizadas em 2019.

O KSOP é um circuito que percorre o país e que já contou com uma etapa no Nordeste neste ano, quando o evento foi sediado entre os dias 11 a 16 de abril em Natal. Na ocasião, Alen foi campeão de um evento paralelo ao principal.

A excelente atuação de Alen no KSOP deste ano está solidificando o status do alagoano, que agora é amplamente reconhecido como um dos competidores mais emergentes do país.

Sucesso do alagoano Rogério Siqueira em competições nacionais

Além de Alen, Alagoas também tem grandes competidores e um deles é Rogério Siqueira. Direto de Arapiraca, o jogador tem um currículo já extenso com participações nos torneios mais relevantes do Brasil.

Só nos eventos secundários do BSOP, Rogério já conta com seis conquistas. A primeira aconteceu em 2016, em uma etapa realizada em São Paulo. Desde então, ele venceu outras três vezes em São Paulo (2017 e 2018), uma em Salvador (2019) e outra em Puerto Iguazu (2019).

A excelente reputação de Siqueira fez com que ele fosse selecionado para o torneio Top do Brasil, que em abril do ano passado juntou os 32 melhores competidores do país em uma competição exclusiva em Brasília.

"Graças aos meus resultados em torneios ao redor do mundo, hoje, mesmo sendo um jogador recreativo, me encontro entre os TOP 32 do país onde somos um total de mais de 8 milhões de jogadores registrados na CBTH (Confederação Brasileira de Taxas Hold'Em)”, afirmou Rogério sobre a participação nesse evento.

As grandes competições do poker nordestino

Muito do que faz o poker nordestino crescer a passos largos são as ótimas competições sediadas na região, que consequentemente juntam os principais jogadores do Nordeste em torneios empolgantes.

O mais relevante é o Nordeste Poker Series, que neste ano tem sedes como Maceió, Aracaju, Fortaleza e Natal. Na última etapa realizada, que se concluiu no início de junho na turística capital cearense, o campeão Gerlando Parisi (Pernambuco) recebeu a quantia de R$ 35 mil.

Além do NPS, o Nordeste conta com campeonatos estaduais que geralmente realizam eventos locais ao longo da temporada e que dessa maneira fomentam ainda mais a modalidade na região.

O Nordeste se tornou uma das principais regiões do poker no país e não há momento melhor para jogar poker do que agora. Com a estrutura do poker nordestino aumentando de qualidade gradativamente, é provável que novos competidores de destaque sejam revelados nos próximos anos.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Esporte