OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,768 Arapiraca, 23ºC Parcialmente nublado

Editorias

11/06/2018 07:22
Esporte
Tite não garante mesma escalação na estreia e elogia Neymar: "Não sei o limite"
Apesar da boa atuação, treinador não assegurou repetir os 11 que atuaram na vitória sobre a Áustria, por 3 a 0, e enalteceu o desempenho de Neymar
/ Foto: Reprodução

 A vitória do Brasil sobre a Áustria por 3 a 0, neste domingo, em Viena, no último amistoso antes da Copa do Mundo, agradou bastante a torcida brasileira. Apesar da boa atuação da Seleção, o técnico Tite não garantiu a mesma escalação para a estreia na Copa.

- Na sexta falo o time. Agora estou na adrenalina. Não tenho como praxe adiantar assim o time. A derrota te ensina. Se a gente perde para a Áustria, teria uma desculpa. A concentração competitiva desses atletas é elogiável. Eu falei com a arbitragem. Eles se concentraram em jogar. Hoje essa equipe deu um exemplo e de que está amadurecendo. Veio para um jogo de contato e teve um grande desempenho - disse Tite em entrevista coletiva após o jogo.

- Eu não posso assegurar a equipe, ainda estou absorvendo o jogo.

O desempenho de Neymar na partida foi enaltecido pelo treinador. Tite afirmou que ainda sente algum receio de problemas musculares, mas elogiou a inteligência do jogador dentro de campo e a capacidade de definição.

- Eu não sei nem o limite do Neymar. A capacidade técnica e criativa dele é impressionante. Quando o acionamos no último terço do campo, ele é letal. Mas ainda vai oscilar até no último lance de participação. Eu disse para ele: "Abriu, finaliza". Depois fiquei com medo de algo muscular e fiz a substituição.

Tite também destacou a intensidade e a capacidade de mobilidade da Seleção. Na visão do treinador, esse atributo provoca cansaço no adversário e oferece uma maior possibilidade de garantir a vitória, principalmente na segunda etapa da partida.

- O adversário vai cansar diante da mobilidade que essa equipe tem. Aí, os jogadores tiram proveito disso. 60% dos gols da nossa equipe são no segundo tempo. Essa equipe é muito móvel e tem que saber tirar proveito disso.

Outros pontos da coletiva de Tite:

Estreia

- Contra a Suíça, vamos começar a pensar agora. Temos uma forma de jogar. Não mudamos nosso jeito de jogar se formos jogar contra a Alemanha. Tentamos que repetir nosso padrão. Quando tiver pressão, o nosso jogador vai encontrar soluções.

Número de gols

- Em relação ao número de gols, vou falar o seguinte: os jogadores abrem mão do gol. Não é uma relação de profissionalismo, é uma relação de amizade. Mas se deixar de fazer o gol vai tomar uma dura.

Condições médicas

- O médico vai trazer detalhes a respeito do Fred. A previsão é que já está legal e pronto para treinar conosco. O Renato, se fosse jogo de Copa, teria ido para o banco. Deixo o Neymar para o jogo para pegar ritmo. Mas se dá um problema? Fui deixando ele mais um pouquinho. É importante ele estar jogando. Mas teve o momento que falei: "chega". Eu ficaria com peso na consciência se houvesse algo.

Philippe Coutinho

- Vai se desafiando e evoluindo. No Liverpool, ele jogou bastante assim. Para mim, ele pode jogar nessa posição (centralizado).

Tite elogiou o desempenho de Philippe Coutinho atuando centralizado (Foto: Leonhard Foeger/Reuters) Tite elogiou o desempenho de Philippe Coutinho atuando centralizado (Foto: Leonhard Foeger/Reuters)

Tite elogiou o desempenho de Philippe Coutinho atuando centralizado (Foto: Leonhard Foeger/Reuters)

Intensidade nos treinos

- Se a forma com a qual trabalhamos, por vezes, provoca muito contato, se eu tivesse optado por treinos mais "light", talvez não Fred e Renato não tivessem se machucado, mas o preço que se paga pela excelência é a rotação alta - afirmou.

Coletividade

- Sentimos orgulho de saber que ajudamos a equipe. Quando o Sylvinho vem aqui falar, não é que o técnico não quer falar. É para mostrar que há toda uma equipe. Tem um trabalho por trás. É quando o Neymar faz o gol e vai abraçar o Rafa.

Tite destacou que há um bom trabalho de toda a equipe por trás do bom desempenho da Seleção (Foto: JOE KLAMAR / AFP) Tite destacou que há um bom trabalho de toda a equipe por trás do bom desempenho da Seleção (Foto: JOE KLAMAR / AFP)

Tite e Sylvinho falam sobre a expectativa criada sobre a Seleção

- Não tenho resposta. Geramos essa boa expectativa... é bom. Vamos nos desafiar. É bom. Só um detalhe. Começa agora uma nova etapa. Eu me olhei antes do jogo no espelho e disse: "Adenor, não fica pensando na estreia da Copa" - disse Tite.

- É uma construção do nosso trabalho, pouco a pouco - destacou Sylvinho.

Tite e Sylvinho preferem focar em cada etapa no caminho da Seleção na Copa (Foto: Alexandre Lozetti) Tite e Sylvinho preferem focar em cada etapa no caminho da Seleção na Copa (Foto: Alexandre Lozetti)

Tite e Sylvinho preferem focar em cada etapa no caminho da Seleção na Copa (Foto: Alexandre Lozetti)

Maria Esther Bueno

- Eu fiquei tão assim antes do jogo que não sabia da morte da Maria Esther Bueno ontem. Houve uma homenagem muito bonita no telão. Fica aqui aos familiares nossos sentimentos.

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Esporte