OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,861 Arapiraca, 26ºC Estrelado

Editorias

07/05/2019 21:42
Geral
Mais de 80% dos pacientes do HE do Agreste foram vítimas de acidentes de moto
Percentual representa mais de 3 mil atendimentos nos primeiros quatro meses deste ano
A Jornada Científica prossegue nesta quarta-feira (8) / Foto: Assessoria
Redação com Assessoria

Mesmo com as campanhas de conscientização que ressaltam a importância de adotar medidas preventivas que evitem acidentes de trânsito, 82,7% dos pacientes atendidos no Hospital de Emergência do Agreste, em Arapiraca, foram vítimas de quedas e colisões com motocicletas.

Dados contabilizados pelo Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) da unidade hospitalar apontam que, dos 3.824 pacientes atendidos no primeiro quadrimestre deste ano, 3.163 foram vítimas de quedas ou colisões de motos.

As vítimas, segundo o Hospital de Emergência do Agreste, sofreram os acidentes no perímetro urbano de Arapiraca e de outras cidades do Agreste, Sertão e do Baixo São Francisco. Dados apontam que, de 2017 até a primeira semana de maio deste ano, 26.649 vítimas de acidentes do trânsito foram atendidas na maior unidade pública de saúde do interior de Alagoas.

Em 2017, o Hospital de Emergência do Agreste recebeu 11.297 pessoas, sendo 10.393 vítimas de colisões e quedas de motos. No ano passado, foram 11.528 registros. As colisões e quedas de motos representaram 83% dos atendimentos, com o total de 9.568 ocorrências.

Acidentes que, na maioria das vezes, segundo a médica e gerente da unidade, Regiluce Santos, poderiam ser evitados e tiveram a imprudência no trânsito como principal causa. “Infelizmente as maiores vítimas são jovens em idade produtiva, entre 20 e 29 anos. A maior parte sofreu traumas na face, cabeça e lesões graves nas pernas. Mesmo de prontidão para atender com eficiência e humanização a todas as vítimas, esses acidentes poderiam ser evitados”, enfatiza.

Constatação – Entre os jovens atendidos na unidade em razão de um acidente com motocicleta, está Emerson Soares Pinto, de 17 anos. Ele sofreu um acidente de moto no último fim de semana, na cidade de Palmeira dos Índios.

O rapaz conta que foi tudo muito rápido. “Estava conduzindo a moto e uma caminhonete entrou de repente na rotatória. Ainda tentei desviar e a colisão foi maior na minha perna”, lembra Emerson Soares, que está se recuperando em um dos 120 leitos do Hospital de Emergência do Agreste.

Jornada Científica – Em razão do grande número de atendimentos a vítimas de acidentes com moto, o hospital está realizando, desde a segunda-feira (6), a Jornada Científica Sobre Acidentes no Trânsito. O evento é uma iniciativa do Projeto Preparando a Volta para Casa, que atua no Hospital de Emergência do Agreste, e faz o acompanhamento dos pacientes que sofreram acidentes e necessitam de cuidados especiais em suas residências, após o período da internação na unidade de saúde.

Todo o acompanhamento é feito por uma equipe multidisciplinar, incluindo médicos, psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, nutricionistas, cirurgiões, assistentes sociais e enfermeiros, que capacitam familiares e cuidadores na assistência aos pacientes sequelados.

No primeiro dia da Jornada Científica, houve apresentação dos estudos feitos pela médica e pesquisadora André Carla, do Hospital Universitário da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), em Maceió. Nesta terça-feira (7), a coordenadora do Projeto Preparando a Volta para Casa, do HE do Agreste, a psicóloga Mônica Leal, especialista em Saúde Mental e Psicologia Hospitalar, apresentou o perfil psicossocial das vítimas de acidentes no trânsito.

A Jornada Científica prossegue nesta quarta-feira (8), com a mostra dos estudos feitos pela professora da Ufal, Ana Paula Nogueira, com PHD pela Universidade de São Paulo (USP). Ela abordará a importância do projeto Preparando a Volta para Casa no processo de recuperação dos pacientes sequelados e a interação dos familiares na extensão dos cuidados nas residências.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Geral