OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,308 Arapiraca, 26ºC Estrelado

Editorias

12/10/2017 09:48
Polícia
Acusado de estelionato é preso em Paripueira após praticar golpe em arapiraquense
De acordo com as denúncias, o homem anunciava o aluguel de casas de luxo na cidade de Paripueira, exigia dos interessados o pagamento antecipado de 50% e depois desaparecia com o dinheiro.
/ Foto: Mitchel Torquato
Hanny Vasconcelos

 Policiais civis da Delegacia Regional de Arapiraca deram cumprimento ao mandado de prisão em desfavor de Daniel de Souza Rivero, de 27 anos. O homem foi preso nessa quarta-feira (12), na cidade de Paripueira, litoral norte de Alagoas, acusado do crime de estelionato.

De acordo com as denúncias, o homem anunciava o aluguel de casas de luxo na cidade de Paripueira, exigia dos interessados o pagamento antecipado de 50% e depois desaparecia com o dinheiro.

Informações dão conta que ele fechou negócio com duas pessoas para mesma data e ainda tinha outros interessados na fila.

Em entrevista ao repórter policial Mitchel Torquato, da Rádio 96 FM, o acusado informou que não se tratava de um golpe e justificou o ocorrido como “engano e falta de comunicação”.

“Não foi bem um golpe. Eu trabalhava com um rapaz chamado Roberto, com aluguel de imóveis na cidade de Paripueira, só que antes disso eu era caseiro dele. Houve alguns problemas e eu fui trabalhar em uma empresa em Maceió. Passado um tempo, retornei para Paripueira e procurei-o novamente, na tentativa de retomar o meu emprego, mas ele já havia arrumado outra pessoa. Resolvi partir para outra área, a de importação de produtos para vender no mercado livre, que é minha atual fonte de renda. Paralelo a isso, retomei o trabalho de aluguel de imóveis”, detalhou.

A vítima arapiraquense informou que havia realizado o pagamento via depósito bancário referente a 50% do valor acordado e que o falso corretor, que se utilizava da empresa da esposa, havia sumido.

Em entrevista, o acusado detalhou o ocorrido. “Neste caso específico eu recebi dessa cliente de Arapiraca o valor de R$300, referente a 50% do valor acordado, mas fiquei sem internet esses dias e não tive como manter contato para informar que faria o reembolso, pois a casa já estava alugada para outra pessoa no mesmo período”.

Daniel foi conduzido para a Central de Polícia de Arapiraca, onde está à disposição da Justiça.

Após a declaração do acusado, a Polícia Civil disse que uma segunda vítima arapiraquense foi confirmada também na noite de ontem, o que complicou ainda mais a situação. A vítima o reconheceu e disse que ele se utilizou do mesmo artifício, o que confirma a acusação de estelionato. Diante disso, existe a possibilidade de outras pessoas terem sido vítimas do estelionatário.

O delegado Gustavo Xavier aproveitou para orientar a população sobre o risco de aluguel de imóveis pela internet, principalmente neste período de alta temporada.

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Polícia