OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,775 Arapiraca, 30ºC Parcialmente nublado

Editorias

12/01/2019 19:06
Política
"Alfredo Gaspar colocou ponto de inflexão à violência em Alagoas", diz governador
Renan Filho prestigiou a posse do procurador-geral, reconduzido à chefia do Ministério Público do Estado
/ Foto: Assessoria
Assessoria

 O governador Renan Filho participou, na noite de sexta-feira (11), da posse do procurador-geral de Justiça de Alagoas, Alfredo Gaspar de Mendonça Neto, reconduzido à chefia do Ministério Público Estadual de Alagoas (MPE/AL). Em seu discurso, ele recordou que quando secretário de Estado da Segurança Pública, Alfredo Gaspar garantiu um ponto de inflexão à violência, que naquele momento só crescia em Alagoas.

A sessão solene foi realizada no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no bairro do Jaraguá, em Maceió. “Foi o doutor Alfredo, com o seu estilo firme, convicto, e sempre reto, que garantiu um ponto de inflexão à violência que só crescia no então Estado mais violento do Brasil e que hoje é o Estado que mais reduz violência no país”, afirmou o governador, desejando sucesso e sorte ao procurador-geral.

Ele foi reconduzido ao cargo depois de ter sido reeleito com 99,37% dos votos dos seus pares. A cerimônia de posse foi prestigiada por dezenas de autoridades, dentre elas, secretários de Estado. Na ocasião, também foram empossados os novos corregedor-geral e ouvidor, Geraldo Magela Pirauá e Lean Ferreira de Araújo.

“Hoje é a terceira vez que tenho a grata satisfação de assinar um documento nomeando doutor Alfredo Gaspar de Mendonça Neto. E ele me dizia ali que não é fácil conduzir uma categoria, como não é fácil, certamente, governar Alagoas. Mas o nosso Ministério Público, cheio de estrelas radiosas, certamente escolheu uma que brilha muito forte e agrada Alagoas para conduzir a instituição”, declarou o governador.

Durante a solenidade, Alfredo Gaspar também recordou sua passagem pela Secretaria de Estado da Segurança (SSP) e o trabalho desenvolvido para reduzir - já nos 14 meses iniciais da primeira gestão de Renan Filho - os índices de violência em Alagoas.

“Esse jovem governador, sem me conhecer, me chamou e eu aceitei assumir essa função. Trabalhei dia e noite com esses homens da Segurança Pública e a gente conseguiu, com muita união, mostrar ao Brasil que Alagoas podia ser muito melhor e Alagoas conseguiu dar esse exemplo ao Brasil”, lembrou o procurador-geral.

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Política