15/05/2019 12:42:17
Polícia
Hospital confirma morte cerebral de mototaxista clandestino vítima de atentado em Palmeira
Ele e a outra vítima, que faleceu na UPA, estariam praticando assaltos na cidade com uma arma de brinquedo
ReproduçãoO caso será investigado pela Polícia Civil
Laís Pita

 Entre o final da manhã e início da tarde desta quarta-feira (15), pouco tempo depois do Diário Arapiraca divulgar o atentado a bala ocorrido no final da noite de ontem (14) em Palmeira dos Índios, o Hospital de Emergência do Agreste informou que João Vitor Bezerra da Silva, que estava na UTI em estado grave, havia falecido. 

João Vitor Bezerra da Silva, que atuava como mototáxi clandestino, teve sua morte cerebral constatada após ser atingido com um tiro na cabeça. A idade dele não foi divulgada. 

Segundo informações, ele e Josivaldo Soares da Silva, conhecido como Baía, que faleceu pouco tempo depois do atentado na UPA de Palmeira, vítima de ferimentos no abdômen, estariam praticando assaltos na cidade com uma arma de brinquedo. 

Eles estavam em uma mesma moto quando foram surpreendido pelos atiradores, que até então são desconhecidos.

Comentam na cidade que os autores dos tiros fugiram a pé.

A Polícia Civil vai investigar o caso. 

E-mail: redacao@diarioarapiraca.com.br
Telefone: (82) 9-9672-7222

©2019 - Diário Arapiraca | Portal de Notícias. Todos os direitos reservados.