14/11/2017 08:51:25
Alagoas
Obras do Pró- Estrada iniciam nesta terça, após assinatura de ordem de serviço
Renan Filho recebeu terreno para construção de Central de Polícia em São Miguel dos Milagres
Assessoria
Assessoria

 Um dos principais destinos turísticos de Alagoas, a Rota Ecológica passou a contar com as obras do Programa Pró-Estrada. O governador Renan Filho e o secretário de Transporte e Desenvolvimento Urbano, Mosart Amaral, assinaram, na tarde da última segunda-feira (13), em São Miguel dos Milagres, a ordem de serviço para recuperação asfáltica de 11 km da AL-101 Norte, entre este município e Passo de Camaragibe.

"Lançamos a ordem de serviço ontem e hoje (14) a obra começa. Quero concluí-la em até 40 dias para que esteja pronta já na alta temporada turística", afirmou Renan Filho.

As obras serão tocadas pelo Pró-Estrada, programa executado pela Secretaria de Estado do Transporte e Desenvolvimento Urbano (Setrand). O programa restaura e eleva a qualidade das rodovias estaduais e vias urbanas em mais de 60 municípios alagoanos.

"O Pró-Estrada já percorreu e atuou em cerca de 700 km da malha viária alagoana com pouco mais de um ano de execução. Além da reestruturação, o trecho beneficiado entre Passo de Camaragibe e São Miguel dos Milagres terá sinalização vertical e horizontal renovada, garantindo maior segurança de tráfego na região", informou Mosart Amaral.

As melhorias beneficiam o destino turístico da Rota Ecológica, que se consolidou com a instalação de pousadas requintadas e de baixa densidade em meio a praias paradisíacas da Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais.

"Estamos com muitas frentes de trabalho no Norte de Alagoas. Já iniciamos a recuperação da AL-105 de São Luís do Quitunde a Matriz de Camaragibe e vamos levar essa recuperação até Maragogi, na divisa com Pernambuco. Agora estamos recuperando esse trecho entre Passo de Camaragibe, São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras. Os próximos serão: Jundiá, Jacuípe e o acesso a Campestre. Com isso, teremos todo o Norte de Alagoas com as rodovias reconstruídas", garantiu Renan Filho.

Central

Durante a solenidade, no Povoado Toque, o governador recebeu das mãos do prefeito de São Miguel dos Milagres, Rubens Felisberto de Ataíde, o "Bureco", a escritura do terreno onde será construída a Central de Polícia, que atenderá este município e as cidades de Passo de Camaragibe e Porto de Pedras.

O terreno fica no Povoado Toque, onde foi realizada a solenidade, doado pelo hoteleiro Nilo Burgarelli. O empresário Tsahi Greenhut afirmou que a construção da Central de Polícia vai fortalecer a segurança pública na Rota Ecológica, elevando a segurança aos moradores e aos turistas que visitam a região, internacionalmente conhecida.

"Fico feliz por este dia ter chegado. A construção da Central de Polícia é um exemplo de que a união entre a sociedade civil organizada, o poder público e a iniciativa privada dá certo", afirmou o empresário, que é israelense.

Após a assinatura da ordem de serviço, que será dada em breve, a Central de Polícia será instalada dentro de três meses.

"Já estão prontos 12 Centros Integrados de Segurança Pública (Cisp), que passamos a chamar de Central de Polícia; oito deles já funcionam reduzindo os índices de criminalidade em Alagoas", citou Renan Filho.

"O que entregamos hoje são demandas antigas do trade turístico da região. O Governo do Estado vem trabalhando para, através dessas melhorias, proporcionar renda e Desenvolvimento Econômico, oferecendo qualidade de vida para toda população", afirmou o secretário do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Rafael Brito.

A região Norte tem, atualmente, 188 hotéis, com 8.179 leitos. Dois deles estão em ampliação e um em construção. A média de ocupação hoteleira anual é de 70% na região.

Porto de Pedras

Após a solenidade, a comitiva seguiu para Porto de Pedras, onde o governador fez a entrega de um trator e uma grade aradora ao agricultores do Assentamento Irmã Dorothy, antiga Fazenda Lucena, zona rural deste município.

Ainda em Porto de Pedras, Renan Filho visitou o prédio histórico da Cadeia Pública. O imóvel, tombado pelo Estado em 2006, enfim será restaurado e abrigará um museu e um centro de artesanato.

"Estamos recuperando a cadeia pública para transformá-la num centro de comercialização do artesanato local. Essa região é linda, recebe turistas do mundo inteiro. Agora, os artesãos vão contar com um local digno para vender sua produção num prédio histórico", disse o governador.

"Essa é uma reivindicação antiga do povo de Porto de Pedras, que agora contará com um espaço que vai gerar emprego e renda para população", acrescentou o prefeito de Porto de Pedras, Henrique Vilela.

Prestigiaram, ainda, as solenidades os deputados estaduais Davi Davino, Dudu Holanda e Cícero Cavalcante; o secretário executivo de Infraestrutura, Victor Vigolvino; o presidente do Instituto do Meio Ambiente (IMA), Gustavo Lopes; a prefeita de São Luís do Quitunde, Fernanda Cavalcante; de Passo de Camaragibe, Vânia Câmara, dentre outras autoridades.

E-mail: redacao@diarioarapiraca.com.br
Telefone: (82) 9-9672-7222

©2017 - Diário Arapiraca | Portal de Notícias. Todos os direitos reservados.