18/05/2017 19:50:43
Cotidiano | Davi Salsa
Vereador Melquisedec recebe a visita de diretores da Aspol

 
O presidente da Associação dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Alagoas (ASPOL), Hebert Melanias, o vice-presidente, Maurício Torres e o Diretor Financeiro, Lopes Junior, visitaram,  nesta quarta-feira (17), a Central de Flagrantes de Arapiraca e a Casa de Custódia.

Durante a visita, os membros da entidade apresentaram as conquistas à categoria em Arapiraca.

Segundo o presidente, a diretoria-executiva foi bem-recebida pelos policiais, e, na oportunidade foi panfletada a Instrução Normativa n° 003/2017 que trata sobre o respeito às atribuições dos policiais civis, evitando o que ele entende como abusos praticados por algum delegado de polícia e informado acerca dos projetos de lei de iniciativa da ASPOL/AL já protocolado pelo deputado estadual Ronaldo Medeiros (PMDB).

 

Entre os projetos estão PLO - Ajuda de Custo, PLO, Periculosidade, PLO, GERA (Gratificação Especial de Retorno de Atividade) e, um dos mais importantes que é PLO - Magistério, onde o policial poderá exercer além da atividade policial, a atividade técnica de professor e da área de saúde.

Ainda durante a visita, de acordo com o presidente, foi possível perceber as deficiências da Central de Flagrantes, bem como as dependências da "Casa de Passagem", em que foi constatado o desrespeito às normas constitucionais e infraconstitucionais do preso.

Outro flagrante do que ele tachou de desrespeito foi a superlotação do xadrez da referida unidade.  “Os policiais e a sociedade alagoana são os mais prejudicados. O primeiro, por não exercer a atividade-fim com o flagrante desvio de função (custodiar preso) e o segundo, que fica a mercê da bandidagem e se vê refém de uma polícia judiciária inoperante”, argumentou o presidente.

 

Ele também disse que a problemática é antiga e já é de conhecimento do Ministério Público, da Defensoria Pública, da Delegacia Geral e do Estado.
Para tratar sobre o assunto na Casa de Custódia e da superlotação de presos na Central de Flagrantes, o vereador e policial civil Melquisedec de Oliveira (PRB), se comprometeu a fazer o possível para rever esse assunto e que, lembrando, que foi um dos temas de um pronunciamento feito por ele na tribuna da Câmara Municipal de Arapiraca,
De acordo com o parlamentar, durante a visita dos membros da direção da entidade, ficou definido que a ASPOL/AL, iria protocolar requerimento junto ao vereador expondo a situação caótica, pedindo providências.
Melquisedec afirmou que sempre estará com os policiais civis. “Pelo bem da nossa categoria, irei atuar sempre energicamente combatendo os abusos sofridos pelos policiais, principalmente em Arapiraca", sentenciou o parlamentar.

 

Por problemas internos relativos ao registro em cartório da mudança da diretoria executiva, bem como da efetiva prestação de contas com transparência e ética, já aprovada, não foi possível visitar a Delegacia de Homicídios, Delegacia da Mulher e da Criança e Adolescente entre outras.
A comitiva garantiu que retornará à Arapiraca, quando dará um maior suporte aos policiais, sejam eles associados ou não.

E-mail: redacao@diarioarapiraca.com.br
Telefone: (82) 9-9672-7222

©2017 - Diário Arapiraca | Portal de Notícias. Todos os direitos reservados.