OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,852 Arapiraca, 20ºC Parcialmente nublado

Notícias

11/02/2018 10:37
Alagoas
Cuidados com crianças devem ser redobrados no período de carnaval
Número de crianças perdidas durante o feriado nas praias alagoanas aumentou em 2017. Guarda-vidas dá dicas para os pais e responsáveis evitarem esse problema.
/ Foto: Reprodução
G1

O feriadão de carnaval está chegando e a praia é uma das opções mais procuradas para curtir com a família. Mas, pela quantidade de pessoas que procuram o local, os pais e responsáveis devem ficar atentos às crianças durante o período de folia.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) de Alagoas, no período de carnaval de 2017 foram registrados 16 casos de crianças perdidas em praias alagoanas, a quantidade ultrapassou o dobro de 2016, que teve o registro de sete casos.

Em razão disso, também aumentou a quantidade de ações preventivas. Elas envolvem orientações sobre riscos da praia para banhistas e cuidados com as crianças, e a distribuição de pulseirinhas de identificação para menores. Segundo a assessoria de comunicação do CBM, só no carnaval de 2017, foram realizadas 4.772 dessas ações.

O Cabo Guimarães, guarda-vidas do CBM, alerta que, nesse período, deve-se manter as crianças a no máximo um braço de distância, principalmente em locais com grande fluxo de pessoas, como blocos, festas e shows.

Além disso, a atenção deve ser 100% voltada para as crianças na praia, pois, segundo Guimarães, “uma criança perdida é um possível afogado”.

“Para garantir a segurança da criança ela deve usar um colete salva-vidas, pois aquelas bóias de braços e circulares passam a falsa sensação de segurança. Elas podem furar ou sair da criança e ela se afogar”, explicou o cabo.

Em locais com piscinas também deve-se ter um cuidado redobrado. “As piscinas devem ter cercas não-escaláveis para impedir o acesso das crianças à água, ter ralos anti-sucção para que não aconteçam ocorrências como a sucção do cabelos, do braço ou perninha da criança. E se possível, ter um guarda-vidas ou uma pessoa treinada vigiando o lazer da família e das crianças”, alerta ele.

Ações de segurança

Pulseirinha de identificação é uma das ações do CBM AL para garantir a segurança das crianças no período de carnaval (Foto: Derek Gustavo/G1) Pulseirinha de identificação é uma das ações do CBM AL para garantir a segurança das crianças no período de carnaval (Foto: Derek Gustavo/G1)
Pulseirinha de identificação é uma das ações do CBM AL para garantir a segurança das crianças no período de carnaval (Foto: Derek Gustavo/G1)

Para contribuir com a segurança dessas crianças, em todos os postos Guarda-vidas, Grupamento de Salvamento Aquático (GSA) e Grupamento de Busca e Salvamento (GBS) de Alagoas, são disponibilizadas pulseiras de identificação em cores reluzentes e os responsáveis pelas crianças podem solicitar a qualquer momento.

O cabo Guimarães orienta ainda que sempre que algum adulto encontrar crianças perdidas, devem levá-las para o posto guarda-vidas. Assim como os ambulantes e donos de restaurantes das proximidades já estão cientes desse procedimento.

Por isso, frisa Guimarães, é de extrema importância que as crianças estejam com as pulseiras de identificação, que contém nome, telefone e o local em que os responsáveis pela criança está. “Estar com as pulseiras de identificação, facilita todo o processo de encaminhar as crianças para os pai”, explica.

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Alagoas