OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,337 Arapiraca, 25ºC Tempo limpo

Notícias

06/12/2017 11:23
Brasil
Motorista que atropelou dançarina após show diz que fugiu 'por medo'
Advogado do condutor disse que o cliente deve se apresentar 'em breve' na Delegacia Sede de Santos, no litoral de São Paulo.
/ Foto: Reprodução

 O advogado do motorista que atropelou a professora de dança Alessandra Andrade, de 43 anos, compareceu à Delegacia Sede de Santos, no litoral de São Paulo, para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido. Segundo a polícia, pelo defensor, o motorista alegou que não parou para socorrer a vítima por ter 'medo de estacionar e ser assaltado'.

O condutor que atropelou a dançarina, morta após sofrer o acidente na rodovia Anchieta, foi embora sem prestar socorro, mas o para-choque do veículo caiu e ficou no local do acidente, junto com a placa de identificação do carro. De acordo com informações da Polícia Civil, o motorista foi identificado e, por isso, o advogado dele compareceu à delegacia para prestar esclarecimentos.

Ainda de acordo com a polícia, o advogado contou que o seu cliente não parou para socorrer Alessandra por conta do horário, 4h30 da madrugada, e por medo de ser assaltado na rodovia. O defensor confirmou que o motorista deve se apresentar nos próximos dias para esclarecer detalhes do acidente e contar como tudo aconteceu.

Acidente

Na madrugada de sábado (2), Alessandra pilotava uma moto quando, no km 62 da Rodovia Anchieta, foi atingida por um veículo que não parou para prestar socorro. Enquanto outros motoristas, que pararam para ajudar a moça, aguardavam a chegada do SAMU, um outro carro colidiu em um dos veículos que estava estacionado. Ainda segundo a polícia, o carro atingido foi projetado para frente, atingindo Alessandra pela segunda vez. A moça não resistiu aos ferimentos.

Alex Sandro Alves, de 38 anos, é o motorista do veículo que foi atingido durante o socorro à Alessandra e, na segunda-feira (4), foi à delegacia fazer a perícia no carro .
Alessandra, além de se apresentar, dava aulas de dança no SESI Santos. De acordo com amigos ouvidos pelo G1, a professora morava em Cubatão e estava voltando de um evento quando foi atingida pelos veículos. Segundo amigos, ela havia acabado de se apresentar em uma casa noturna da região após o show do cantor baiano Léo Santana. Na mesma noite, ela anunciou que a apresentação havia sido a última que faria e que pretendia se 'aposentar' dos palcos.

Fonte: G1


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Brasil