OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,851 Arapiraca, 25ºC Parcialmente nublado

Notícias

16/05/2018 15:47
Cidades
Central de Flagrantes tem fornecimento de água cortado por falta de pagamento
Sindicato denunciou que são quatro as faturas em atraso; juntas, elas somam mais de R$ 1.500; assessoria da Polícia Civil nega
/ Foto: Divulgação

 O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) denunciou, na tarde desta quarta-feira (16), que o fornecimento de água na Central de Flagrante I, no bairro do Farol, foi cortado pela Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal), devido ao atraso no pagamento de quatro faturas, que, juntas, acumulam uma dívida de R$ 1.776,84.

O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, chamou a atenção para o problema em nota à imprensa, atentando para o fato de o local funcionar 24 horas. No comunicado, a entidade destaca que a água é um direito básico para servidor, preso e cidadão em geral, de modo que o corte no fornecimento inviabiliza as atividades lá realizadas.

Na mesma nota, Nazário ainda criticou o delegado-geral Paulo Cerqueira, insinuando que falta organização à direção da Polícia Civil. "Os policiais civis vêm trabalhar e se deparam com a falta de água até para a limpeza. Vivenciamos uma situação de caos", declarou o sindicalista.

Em contato com a reportagem, a assessoria de comunicação da Polícia Civil de Alagoas negou a falta d'água na unidade. Ainda segundo a assessoria, se o informe fosse verdadeiro, os próprios presos já teriam reivindicado uma solução para o problema. À reportagem, a assessoria revelou também que a direção-geral vai apurar de onde partiu a "informação inverídica".

Fonte: Gazetaweb


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Cidades