OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,915 Arapiraca, 27ºC Parcialmente nublado

Notícias

07/11/2017 17:34
Cidades
Circuito Penedo de Cinema segue até sábado (11) com vasta programação
Abertura aconteceu na segunda-feira e contou com a presença de diversas autoridades
/ Foto: Assessoria
Assessoria

 O Baixo São Francisco alagoano foi tomado pelo Circuito Penedo de Cinema na noite de segunda-feira (6). A solenidade de abertura foi realizada na Sala de Exibições montada na Praça 12 de Abril e contou com a presença de diversas autoridades, que expuseram a importância da realização do evento na cidade ribeirinha.

O coordenador-geral do Circuito Penedo de Cinema, professor Sérgio Onofre, enfatizou que recebe os participantes de braços abertos no evento e almejou que todos tenham uma semana bem frutífera. “Espero que possamos fazer cada vez mais cinema”, destacou.

O presidente do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco (CBHSF), Anivaldo Miranda, ressaltou que a entidade faz uma gestão sustentável dos recursos hídricos e, nesse trabalho, é importante contar com a importância da dimensão cultural. Ele também destacou a participação popular no evento, que segue até sábado (11).

“O Rio São Francisco envolve histórias, sentimentos e a criatividade das pessoas. Juntando o imaginário e a tarefa de mudar hábitos, nós chegamos aqui. Aqui é o ponto de confluência para mudar a realidade do dia a dia e as formas de fazer com que isso seja entendido. Então, nada melhor que a arte para fazer isso. Nesse sentido, o cinema pode nos ajudar, e muito, não só na criação de obras de arte, mas em documentários que tratam de ações ambientais. O nosso Comitê também patrocina a Mostra Ambiental e esperamos que a cada ano isso, evidentemente, se torne mais conhecido”, disse Anivaldo.

Representando a Secretaria de Estado da Cultura (Secult), o superintendente de Apoio à Produção Cultural, Paulo Poeta, reforçou que a parceria entre Ufal e Governo do Estado não se dá apenas no Circuito, mas em outros eventos, tais como a última Bienal do Livro. Trouxe um abraço do governador Renan Filho e adiantou que um projeto especial está sendo desenvolvido para destacar eventos e acontecimentos neste ano que comemora o bicentenário de Alagoas.

“Estamos vivendo os 200 anos e Alagoas e esse evento entra nisso. Estamos fazendo uma cápsula do tempo e vamos colocar tudo que aconteceu nas comemorações do bicentenário, e esse evento estará lá”, disse ele.

O vice-reitor da Ufal, José Vieira, reforçou a importância das parcerias para a realização de mais uma edição do Circuito. "Essa dedicação é mais que uma causa, é um ato de cidadania. E é um compromisso e um dever da Universidade dar visibilidade às questões do Velho Chico. Eu costumo dizer que a Ufal é a maior agente cultural de Alagoas. Mesmo assim, não poderia fazer nada sozinha, e todos queremos o desenvolvimento cultural do Estado. Sérgio [Onofre] é um cara que persegue um sonho, independente das tempestade, da gestão. Estamos em campos políticos diferentes, mas não temos como não reconhecer o esforço dele para o desempenho do evento”, enfatizou.

Após a solenidade de abertura, a Mostra de Longa-Metragem Nacional trouxe ao público a exibição do filme Como Nossos Pais.

Limpeza do Velho Chico

No início da manhã de segunda-feira (6), o evento realizou uma ação simbólica de limpeza das margens do Rio São Francisco, em Penedo (AL), que reuniu cerca de 40 estudantes da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e do Instituto Federal de Alagoas (Ifal) do município.

O percurso, apesar de curto, foi suficiente para mostrar a dimensão de resíduos despejados às margens do Velho Chico. Em pouco mais de uma hora de atividade foram recolhidos 20 sacos de lixo, com capacidade para 100 litros cada.

Guarda-chuva, canos, restos de telhados de PVC, por exemplo, foram alguns dos objetos encontrados. Todo o material reciclável recolhido foi destinado à Casa do Bom Samaritano de Penedo.

A programação ambiental do evento continuou nesta terça (7) e segue até quinta-feira (9), com a 4ª Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental, das 14h às 16h, na Sala de Exibições. A atividade contará com a exibição de três filmes convidados, onze curtas-metragens que vão concorrer aos prêmios de melhor filme pelos Júri Oficial e Popular, além de debates com profissionais de instituições de ensino e órgãos ambientais.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Cidades