OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,740 Arapiraca, 26ºC Tempo nublado

Notícias

11/07/2018 21:59
Cidades
MP investiga esquema de funcionários fantasmas na prefeitura de Pilar
Processo foi aberto após uma mulher denunciar que seus documentos foram usados sem seu consentimento em uma Portaria municipal que a nomeou para um cargo de confiança.
/ Foto: Reprodução

 O Ministério Público de Alagoas (MP-AL) informou, nesta quarta-feira (11), que instaurou um inquérito civil público para investigar um suposto esquema que envolve a existência de funcionários fantasmas no quadro da prefeitura de Pilar, Região Metropolitana de Maceió.

O processo foi aberto, segundo o promotor de Justiça, Sílvio Azevedo, após uma ex-empregada doméstica que trabalhava para um vereador denunciar que seus documentos estavam sendo usados para a prática de fraudes.

Segundo a denunciante, vários documentos em seu nome foram usados, sem o seu consentimento, para práticas de crimes. Em um deles, consta o nome dos dados da denunciante em uma Portaria que a nomeia para o cargo de assistente da diretoria da Secretaria de Administração do Pilar.

“A senhora que se diz vitimada alega nunca ter recebido o valor registrado no contracheque em seu nome, e tampouco trabalhou no referido órgão municipal. Apenas foi doméstica na casa do senhor Paulo Bugarim, à época, chefe de gabinete do prefeito e que no momento ocupa uma das cadeiras da Câmara de Vereadores. Se confirmado, buscaremos a punição adequada para quem cometeu a fraude, conforme o que preconiza a lei”, disse o promotor.

O promotor solicitou o comparecimento da representante e do representado para oitiva, além de solicitar ao procurador-geral de Justiça que designe membros do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público para atuar conjuntamente com a Promotoria de Justiça do Pilar.

 

 

 

Fonte: Redação com g1


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Cidades