OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 4,088 Arapiraca, 20ºC Parcialmente nublado

Notícias

10/02/2018 11:51
Cidades
Municípios alagoanos poderão aderir ao Programa Criança Feliz
Novo prazo estabelecido pelo Governo Federal segue até o dia 30 de junho
/ Foto: Assessoria
Assessoria

 Os municípios considerados elegíveis pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) a participarem do programa federal Criança Feliz contam agora com um novo prazo para preencher o termo de aceite das ações voltadas para o desenvolvimento infantil maneira integral. Em Alagoas, 10 municípios podem formalizar o interesse até o dia 30 de junho.

Com essa nova oportunidade, o Estado pode chegar a 97% de municípios atendidos, fortalecendo a atenção à primeira infância. O secretário Fernando Pereira, ressalta que Alagoas foi um dos primeiros estados a iniciar a etapa de visita domiciliar do programa, o que reforça o compromisso do Governo em atender às crianças e gestantes beneficiárias.

“Começamos com 83 municípios; somo um dos primeiros estados do país a demonstrar interesse nesse programa tão importante para o desenvolvimento dos pequenos alagoanos. Portanto, reforço que os municípios elegíveis devem ficar atentos ao prazo para garantir essa oportunidade”, disse Fernando Pereira.

Para aderir ao Criança Feliz, o gestor da Assistência Social deve acessar o sistema da Rede Suas, com seu CPF e senha, preencher o Termo de Adesão ao Programa Criança Feliz e encaminhá-lo para aprovação do Conselho Municipal de Assistência Social.

A prefeitura deverá ainda encaminhar ao MDS um diagnóstico regional e um plano de ação do município delineando como serão realizadas as visitas domiciliares.

Água Branca, Atalaia, Belo Monte, Carneiros, Chã Preta, Coité do Noia, Dois Riachos, Japaratinga, Santana do Mundaú, São José da Tapera integram os 10 municípios elegíveis.

Programa Criança Feliz

Baseado em experiências regionais, o Programa Criança Feliz, desenvolvido pelo MDS, tem como objetivo promover o desenvolvimento integral de crianças de 0 a 6 anos, além de gestantes.

Entre as ações previstas pelo programa estão visitas domiciliares periódicas, que reforcem a maneira correta de estimular o desenvolvimento dos filhos, identificando as oportunidades e riscos para o desenvolvimento infantil, em especial, nos primeiros mil dias de vida.

Com um orçamento federal de R$ 300 milhões, o Criança Feliz atenderá cerca de quatro milhões de beneficiários até 2018, em todo o país. Para Alagoas, a meta é beneficiar 12.700 gestantes e crianças.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Cidades