OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,975 Arapiraca, 26ºC Estrelado

Notícias

04/02/2019 09:41
Curiosidades
Deputado de Goiás toma posse de chapéu e com esposa no colo
Amauri Ribeiro não foge de uma polêmica, tem fama de brigão, mas é também reconhecido como político idôneo.
Político já foi prefeito e eleito deputado estadual com quase 25 mil votos / Foto: Reprodução

 O deputado estadual Amauri Ribeiro (PRP-GO), chamou a atenção durante a solenidade de posse na última nesta sexta-feira (1º), na Assembleia Legislativa de Goiás.

Mesmo contrariando o regimento interno, o novo parlamentar, eleito com quase 25 mil votos, tomou posse de chapéu e colocou a esposa no colo durante a sessão.

Sobre a utilização do adereço, a direção da Assembleia informou que enviou aos novos parlamentares na semana passada um documento intitulado “Informações Regimentais”, com orientações sobre todas as regras. Nesta sexta, a equipe do cerimonial preferiu não falar com o deputado por se tratar de sessão especial. Amauri só tirou o chapéu no momento da execução do Hino Nacional.

Em entrevista à TV Assembleia, Amauri disse que o uso do chapéu mostra seu estilo: “Meu estilo já fala: sou produtor rural e vou defender a classe”.

Amauri ganhou notoriedade após ser eleito prefeito de Piracanjuba e fazer uma gestão técnica e com excelente aprovação popular sem abrir mão do jeito durão. Ele não foge de uma polêmica, tem fama de brigão, mas é também reconhecido – até por adversários – como político idôneo.

“Meu lema é: podem me chamar de brigão, por buscar o correto, mas nunca me chamarão de ladrão”, resume seu estilo de vida tanto na política como na vida.

Após a enorme repercussão, Amauri Ribeiro comentou explicou o motivo em suas redes sociais.

No vídeo, publicado em suas redes sociais, o ex-prefeito de Piracanjuba (GO), explica que cedeu o espaço a uma senhora que estava em pé na sessão lotada da última sexta-feira (1º) e que por isso colocou a esposa sentada no colo dele. Quanto ao chapéu, fez questão de afirmar que não abrirá mão do acessório: “Meu chapéu vai permanecer na minha cabeça, pois isso não muda quem sou, não são as vestias de um homem que definem seu caráter, visto que os maiores ladrões desse País usam terno e gravata e com certeza nunca usaram uma botina e um chapéu”.

Fonte: Curta Mais


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Curiosidades