OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,921 Arapiraca, 26ºC Tempo nublado

Notícias

08/03/2018 21:42
Educação
Eleição para gestores escolares da rede estadual acontece de 12 a 16 de março
Participam do processo 128 escolas votantes ligadas às 13 Gerências Regionais de Educação
/ Foto: Assessoria
Assessoria

 Cento e vinte oito escolas da rede estadual promovem na próxima semana ( 12 a 16 de março) a eleição de seus gestores, gerais e adjuntos, para o biênio 2018/2020. O processo abrange as 13 Gerências Regionais de Educação (Geres) em todo o Estado e fortalece o processo de gestão democrática na rede estadual.

 

Estão aptos para votar os quatro segmentos da escola: pais, professores, funcionários administrativos e de apoio e alunos, do 1ª ao 5º ano fundamental com idade a partir dos 14 anos e do 6º ano fundamental até a 3ª série do Ensino Médio e EJA (Educação de Jovens e Adultos).

 

De acordo com a superintendente de rede da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Maridalva Campos, este é o momento da comunidade escolar ser ouvida. “A eleição de gestores é um momento muito esperado, pois permite que a comunidade seja ouvida sobre quem deve conduzir a gestão da escola nos próximos dois anos. Para isto, a comissão escolar tem ido às unidades para promover debates, apresentação das chapas, planos e propostas”, declara a superintendente.

 

São considerados elegíveis no processo os professores que estiverem em atividade letiva durante o período da campanha previsto no edital; integrantes efetivos do Magistério Público Estadual com habilitação em nível superior e licenciatura plena; que tenham lotação de, no mínimo, um ano antes da consulta na unidade de ensino na qual está sendo candidato e tenham disponibilidade legal para assumir 40 horas semanais no exercício da função.

 

Cronograma

No dia 12, o pleito acontece em 53 escolas da Capital e Litoral Norte. Pela 1ª Gere - Baixa Maceió - votam 25 escolas; enquanto na 13ª Gere - Alta Maceió e Cepa participam 23 votantes. No Litoral Norte, que corresponde à 10ª Gere, cinco unidades promovem seu pleito. Na terça-feira (13), será a vez de 13 unidades de ensino dos vales do Paraíba e Mundaú - respectivamente 6 unidades da 4ª e 7 da 7ª Gere.

 

No Agreste e Baixo São Francisco, onde 31 unidades de ensino participam, a eleição acontece em 14 de março. Pela 3ª Gere, que engloba Palmeira dos Índios e região, 16 escolas votam, enquanto na 5ª Gere, que abrange Arapiraca e municípios vizinhos são 7 escolas votantes. Oito unidades de Penedo e demais municípios do Baixo São Francisco realizam seu pleito neste mesmo dia.

 

No dia 15, quinta-feira, 16 unidades escolares votam, sendo 9 em Rio Largo e região metropolitana e 7 em São Miguel dos Campos e região sul. O processo se encerra na sexta-feira (16) com 15 escolas do sertão: 5 na 11ª Gere, que compreende Delmiro Gouveia e Alto Sertão; 7 pela 6ª Gere, Santana do Ipanema e região; e 3 pela 8ª Gere – Pão de Açúcar e Bacia Leiteira.

A superintendente de rede da Seduc faz também um alerta aos candidatos. “A campanha pode acontecer até 24 horas antes do pleito. Quem fizer após este prazo pode ter a chapa impugnada”, orienta Maridalva.

 

Novo pleito

Ainda segundo Maridalva, as escolas que não tiveram suas chapas homologadas e as que não iniciaram o calendário 2018 entre 26 de fevereiro até 16 de março terão um segundo momento, como novo edital a ser publicado.

Não participam deste processo eleitoral as unidades de ensino indígenas, os centros de educação especial, os centros de educação profissional e tecnológica e as escolas que integram o Programa Alagoano de Ensino Integral (Palei) – estas últimas em virtude de portaria do Ministério da Educação que estabelece procedimentos para o fomento ao ensino integral.

 

 

 

 

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Educação