OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 4,088 Arapiraca, 20ºC Parcialmente nublado

Notícias

06/03/2018 20:23
Educação
Estado e municípios discutem implementação da Base Nacional Comum Curricular em AL
Novo método de ensino começou a ser construído em 2015 e teve sua elaboração conduzida pelo MEC, Consed, Undime, CNE e professores
/ Foto: Assessoria

 As secretarias de Educação em todo o país começaram a discutir, nesta terça-feira (6), a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que consiste no documento que define os conhecimentos essenciais que serão repassados aos alunos. Em Alagoas, a parceria entre Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) foi essencial para a construção do material que será aplicado em Alagoas.

O superintendente de Políticas Educacionais da Seduc, Ricardo Lisboa, explica a importância da discussão da BNCC. “Entendemos que é um trabalho formidável, onde iremos colocar as nossas construções e nossos documentos, como o ensino integral, a EJA [Educação de Jovens e Adultos], e aplicar na base. Será um documento organizado para Alagoas e que as escolas possam utilizar. O trabalho todo é realizado em parceria com a Undime”.

Construção

A Base Nacional Comum Curricular começou a ser construída em 2015, de forma colaborativa. O processo de elaboração foi conduzido pelo Ministério da Educação (MEC), Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Undime, Conselho Nacional de Educação (CNE), com a participação da sociedade civil, professores e gestores.

A documentação da BNCC foi dividida em três etapas de revisão e aprimorada a partir das sugestões dada. As versões finais para a educação infantil e ensino fundamental já foram homologadas. O processo do ensino médio está em andamento.

Lei

A BNCC está prevista na Lei de Diretrizes e Bases, nas Diretrizes Curriculares Nacionais e no Plano Nacional de Educação, na Constituição de 1988, e serve como referência para a construção e adaptação dos currículos nas unidades de ensino de todo o país, porém as redes e escolas têm autonomia para elaborar, por meio do currículo, metodologias de ensino, além de abordagens pedagógicas e avaliações, de acordo com a realidade local.

Principais mudanças

Entre as principais mudanças regidas pela BNCC estão o Desenvolvimento Integral, com as 10 competências gerais que norteiam os aspectos cognitivos, sociais e pessoais que serão desenvolvidos pelos alunos; a Aprendizagem Ativa, onde cada conhecimento está ligado a uma habilidade que permite ao aluno aplicá-lo a um determinado fim; Progressão na Aprendizagem, que organiza ano a ano, deixando mais claro o que se espera que o aluno aprenda, favorecendo o desenvolvimento do mesmo nas habilidades mais complexas, principalmente no ensino fundamental, entre outras.

O superintendente Ricardo Lisboa relata que já foram definidos os profissionais que irão trabalhar na implementação da base em Alagoas. “Temos coordenadores da Seduc, da Undime, assessores, redatores para cada componente curricular do ensino fundamental, educação infantil, além dos anos finais de cada componente, como Língua Portuguesa, Matemática, Educação Física, História, Geografia”.

Lisboa fala que, na segunda quinzena de março, um encontro será promovido para discutir a implementação da base com um responsável de cada um dos 102 municípios alagoanos.

“A implementação da base irá movimentar todo mundo, desde as escolas públicas às particulares, para que todos possam entender que é necessário construir o referencial curricular de Alagoas para dar conta dessa necessidade”.

Conteúdo

A BNCC contém diversas diretrizes, como as dez competências gerais que os alunos devem desenvolver na educação básica; os direitos de aprendizagem e desenvolvimento na educação infantil, como conviver, brincar, participar, expressar. Os cinco campos de experiência na educação infantil, que constituem os eixos estruturantes da prática pedagógica; as competências específicas de cada área do conhecimento e componentes curriculares do ensino fundamental; e o conhecimento e habilidades que os alunos do ensino fundamental devem desenvolver.

 

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Educação