OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,851 Arapiraca, 25ºC Parcialmente nublado

Notícias

29/12/2017 07:15
Justiça
Número de audiências telepresenciais cresce no sistema prisional
Secretaria da Ressocialização e Poder Judiciário investem em tecnologia para gerar mais economia, justiça e segurança no cárcere
/ Foto: Assessoria

 As audiências telepresenciais feitas pela Secretaria de Estado da Ressocialização e Inclusão Social (Seris), em parceria com o Poder Judiciário, se consolidaram como um instrumento fundamental para gerar segurança, economia e, principalmente, promover a justiça no cárcere. Só neste ano, mais de duas mil audiências foram realizadas nos presídios, um aumento de mais de 17% em relação ao ano anterior.

Atualmente, o Centro de Telepresença possui cinco salas no complexo penitenciário, em Maceió, e três no Presídio do Agreste, em Girau do Ponciano. Nos locais são realizadas, em média, 17 audiências diárias, com 22 custodiados. Para o êxito deste trabalho, o Centro conta com 25 profissionais que atuam em diferentes funções.

Gilton Messias, agente penitenciário e assessor técnico do Centro de Telepresença, avalia como positivo o ano de 2017. “Este ano foi bastante proveitoso, pois o número de audiências continuou crescendo. Além disso, tivemos um marco histórico firmado, com o início da construção da sede do Centro de Telepresença, o primeiro do país”, disse.

Com a criação do espaço, o complexo penitenciário contará com seis salas para audiências, com capacidade até 12 pessoas, simultaneamente, sendo possível a realização de 48 audiências por dia. As salas serão equipadas com painéis acústicos, microfones, câmeras e TVs para garantir a qualidade das audiências.

A nova sede do Centro de Telepresença foi projetada com uma estrutura moderna e atendendo a todas as novas técnicas. O prédio contará com recepção, área administrativa, parlatório, área de serviço e copa. Além de uma entrada específica para a escolta dos reeducando, garantindo mais segurança nos trabalhos dos agentes penitenciários.

Interiorização dos serviços

O sistema prisional alagoano pode ser considerado um dos mais modernos e eficientes do país, com 81 pontos de atendimento, entre varas estaduais e federais, e comarcas, o que resulta na cobertura de quase 100% do território alagoano. “Com o novo prédio queremos atender todo o Estado e aumentar o número de audiências diárias”, completa o supervisor.

Segurança prisional

Desde o início das atividades telepresenciais, o número de escoltas foi reduzido em quase 75%, enquanto as audiências cresceram aproximadamente 4000%. Desta forma, o efetivo de agentes penitenciários é direcionado para atividades referentes à segurança dos presídios.

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Justiça