OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,740 Arapiraca, 22ºC Parcialmente nublado

Notícias

11/02/2018 19:30
Mundo
Exames de DNA identificarão vítimas de acidente aéreo na Rússia
O avião caiu neste domingo (11) e matou as 71 pessoas que estavam a bordo
/ Foto: Reprodução
Agência Brasil

 O ministro de Transportes da Rússia, Maxim Sokolov, que lidera a comissão governamental encarregada de investigar o acidente com o avião bimotor AN-148, que caiu nos arredores de Moscou neste domingo (11) e matou as 71 pessoas que estavam a bordo, indicou que para identificar as vítimas serão necessários exames de DNA.

Segundo dados preliminares, todos os ocupantes do avião eram cidadãos russos. O avião, que pertence à companhia aérea Saratov Airlines, desapareceu dos radares minutos depois de decolar do aeroporto internacional de Domodedovo, em Moscou.

O AN-148, que realizava o voo regular 6W 703 com destino à cidade de Orsk, ao sul dos montes Urais, tinha decolado de Moscou às 14h21 (hora local; 9h21 em Brasília).

Logo após ser divulgada a notícia do acidente, foi organizado no aeroporto de Orsk um centro de atendimento psicológico para os familiares dos passageiros do voo 6W 703.

Saiba Mais
Autoridades confirmam mortes dos 71 ocupantes do avião que caiu na Rússia
O Comitê de Instrução da Rússia indicou que não descarta nenhuma linha de investigação. "Serão investigadas todas as possíveis causas do acidente: as condições do tempo, o fator humano, o estado do avião e outros desenvolvimentos dos eventos", afirmou a porta-voz do comitê, Svetlana Petrenko.

A Saratov Airlines emitiu um comunicado no qual ressaltou que o capitão da aeronave, Valeri Gubanov, era um piloto experiente, com 5 mil horas de voo, das quais 2,8 mil foram acumuladas em aviões AN-148.

Segundo a companhia, o avião, de matrícula RA-61704, fabricado em 2010, tinha sido adquirido há dois anos. "A operação de busca (na região do acidente) continua. E estes trabalhos permanecerão sem interrupção", declarou o ministro para Situações de Emergência da Rússia, Vladimir Puchkov.

Segundo a pasta, as equipes de resgate conseguiram recuperar uma das caixas-pretas do avião.

O AN-148 é uma aeronave projetada pela empresa ucraniana Antonov para cobrir rotas de média distância, com uma autonomia de voo de 2,2 mil e 4,4 mil quilômetros, dependendo da sua configuração.

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Mundo