OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,765 Arapiraca, 22ºC Tempo limpo

Notícias

08/11/2018 21:21
Tecnologia
Em carta, CEO do Google se compromete a combater assédio sexual
Sundar Pichai chamou documento de "Nossos compromissos" com os esforços que o Google pretende fazer daqui para frente
/ Foto: Reprodução

 As últimas semanas foram agitadas dentro do Google. Após a divulgação de que a empresa abafou casos de assédio sexual entre executivos do alto escalão, diversos funcionários (e especialmente funcionárias) fizeram um protesto na semana passada e pararam as atividades durante alguns minutos.

A situação, claro, não ficou boa dentro da empresa. Agora, para minimizar críticas e acalmar os ânimos dos funcionários, o CEO Sundar Pichai divulgou uma carta chamada “Nossos compromissos” com os esforços que o Google pretende fazer daqui para frente para garantir que o ambiente de trabalho seja seguro para todos, independentemente de gênero, orientação sexual, cor ou qualquer outra coisa.

Confira a carta de Pichai abaixo:

“Olá pessoal,

No Google, nos esforçamos para construir uma empresa que ofereça suporte aos seus funcionários e que os empodere para fazer melhor seu trabalho. Como CEO, levo essa responsabilidade muito a sério e estou comprometido em fazer as mudanças que precisamos para melhorar. Nas últimas semanas, as lideranças do Google e eu ouvimos seu feedback e ficamos sensibilizados com as histórias que vocês compartilharam.

Reconhecemos que nem sempre conseguimos fazer tudo certo no passado e pedimos sinceras desculpas por isso. Está claro que precisamos fazer algumas mudanças.

Seguindo em frente, vamos dar maior transparência à forma como resolvemos essas questões. Vamos oferecer um suporte melhor e cuidar das pessoas que se manifestarem. Vamos dobrar nosso compromisso para oferecer um ambiente de trabalho representativo, igualitário e respeitoso.

Hoje, estamos anunciando um plano de ação abrangente para progredir. O plano está detalhado aqui e encorajo todos a lê-lo. A seguir, algumas das principais mudanças:

Vamos tornar a arbitragem opcional para denúncias de assédio sexual e violência sexual. O Google nunca exigiu confidencialidade no processo de arbitragem e a arbitragem continua sendo a melhor escolha por uma série de razões (privacidade, por exemplo), mas reconhecemos que essa escolha deve ser sua;

Vamos oferecer mais granularidade em torno de investigações de assédio sexual e seus desdobramentos, por meio de nosso Relatório de Investigações;
Estamos revendo a forma como lidamos e olhamos seus questionamentos de três formas:

vamos juntar todos os nossos canais de contato em um site dedicado com atendimento ao vivo;

vamos melhorar os processos que usamos para lidar com essas questões, incluindo o fato de que Googlers poderão ser acompanhados por uma pessoa de apoio;

e vamos oferecer cuidados extras e recursos para Googlers durante e depois do processo, o que inclui aconselhamento estendido e suporte à carreira;

Vamos atualizar e expandir nosso treinamento obrigatório sobre assédio sexual. A partir de agora, se você não completar o treinamento, vai receber uma estrela a menos em sua nota na sua avaliação de performance;

Vamos nos comprometer novamente com nossas metas em torno de diversidade, equidade e inclusão em 2019, focando em melhorar a representatividade — por meio da contratação, promoção e retenção — e criando uma cultura mais inclusiva para todos. Nossa Chief Diversity Officer vai continuar a dar atualizações mensais sobre os progressos para mim e o time de liderança.

Espero que vocês reservem um tempo para ler todas as ações que estamos anunciando hoje.

Obrigado por todos os feedbacks que vocês compartilharam conosco. Essa é uma área na qual precisamos fazer progresso continuamente e estamos comprometidos com isso. Em geral, ouvimos dos Googlers que a melhor parte de trabalhar aqui são os outros Googlers. Mesmo em momentos difíceis, somos encorajados pelo compromisso de nossos colegas em criar um local de trabalho melhor. Isso aconteceu intensamente nas últimas semanas.
-Sundar”

 

 

 

 

 

 

Fonte: Olhar Digital

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Tecnologia