OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-9672-7222 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 3,839 Arapiraca, 26ºC Estrelado

Geral / Isve Cavalcante

Quem é Isve Cavalcante? Isve Cavalcante é radialista desde 1971. Ele nasceu na cidade de Caruaru, município de Pernambuco. Já trabalhou em várias rádios, prefeituras e emissoras de televisão. Atualmente apresenta o programa “Show de Notícias” na Rádio 96 FM Arapiraca.
12/05/2019 19:45:49
Bora tomar uma? Polícia dos EUA procura voluntários para ficarem bêbados em treinamento
Polícia dos EUA procura voluntários para ficarem bêbados em treinamento / Foto: Reprodução

Um departamento de polícia nos EUA está à procura de três voluntários que se disponham a ficar embriagados para um treinamento.

A polícia de Kutztown, na Pensilvânia, explicou que procura voluntários para beberem e interagirem com policiais para que eles saibam como se comportar diante de cidadãos embriagados.

Os voluntários devem estar disponíveis entre 14h30 e 19h.

O trabalho não será remunerado, mas todo o álcool consumido será gratuito.

Os voluntários devem ter entre 25 e 40 anos, ficha limpa na polícia e "disposição para beber até ficar bêbados".

Eles também precisam providenciar um amigo que os levem para casa em segurança depois do porre.

Crise na Argentina: por que é preciso ir a 3 supermercados para comprar um produto ?

Cerca de 90% dos argentinos dizem que contam com os mecanismos de promoção oferecidos pelos comércios ao fazer compras.

É o dobro do que ocorre nos Estados Unidos, país pioneiro em ofertas promocionais.

O formato das promoções em lojas e supermercados sofreu variações que beiram os limites da criatividade: o comércio oferece 70% de desconto no segundo produto, brindes, dois por um, longos parcelamentos sem juros, e por aí vai.

Como a Argentina sofreu inflação alta durante a maior parte dos últimos 30 anos, desenvolveu-se uma forte cultura de promoções e liquidações.

No Brasil uma campeâ é conhecida como "Bate - Estaca "

Jéssica Andrade, a Bate-Estaca, fez jus ao apelido.

Na luta principal do UFC Rio 10, na madrugada deste sábado para domingo, ela usou o golpe para nocautear a então campeã Rose Namajunas no segundo assalto e tomar o cinturão peso-palha (até 52kg) do Ultimate, depois de passar sufoco contra a americana.

A dificuldade encontrada para conquistar o título fez Jéssica aprovar a revanche imediata.

- Para mim foi muito bom lutar com a Rose hoje. Consegui realmente ver em detalhes, sentir a mão dela para saber o que fazer na próxima luta.

Com certeza o UFC vai dar a revanche. Eu aceito porque, para provar que ganhou, tem que fazer duas vezes a mesma coisa.

Vou estar bem preparada, focar mais na movimentação. Ela estava com a mão mais rápida.

Mas a estratégia era cansar no primeiro round e, do segundo em diante, já notei que os braços dela estavam mais lentos e ela aceitaou todos os chutes.


Link da página:
O portal Diário Arapiraca não se responsabiliza pelos conteúdos publicados nos blogs dos seus colaboradores.

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Isve Cavalcante