OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,570 Arapiraca, AL 21ºC Parcialmente nublado

Editorias

08/03/2021 10:51
Arapiraca
Com ampliação do grupo prioritário, Arapiraca retoma vacinação aos sábados
Os idosos com 78 anos também foram incluídos
/ Foto: Pablício Vieira/Ascom Arapiraca
Assessoria

 A partir dessa semana, a Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria Municipal de Saúde, retomará a vacinação aos sábados no Sesc Arapiraca.

A ação tem o objetivo de evitar filas e aglomeração no local de vacinação, já que os idosos com 78 anos também foram incluídos no grupo prioritário.

“Todos estamos bastante ansiosos pela vacina, principalmente agora que voltamos para a fase vermelha devido o aumento do número de casos de Vocid-19 em Arapiraca. Ratificamos que há doses suficientes para todos do grupo prioritário, então não precisa ter pressa pois a vacinação não tem dia para acabar”, disse ela, que explicou ainda que novas estratégias estão sendo montadas para ampliar os locais de vacinação em Arapiraca.

Além dos idosos com idade a partir de 78 anos, também fazem parte do grupo prioritário, neste momento, os profissionais de saúde da linha de frente da Covid-19 – que, inclusive, já tomaram as duas doses da vacina -, além dos profissionais da Atenção Básica e Especializada com 50 anos ou mais, ou que estão afastados das atividades funcionais devido comorbidades.

Com a mudança no atendimento, o Sesc Arapiraca passa a funcionar, portanto, de segunda a sábado, das 8h às 17h.

Vacinação reduz taxa de mortalidade

Para especialistas em epidemiologia, o processo de vacinação reflete diretamente na redução da taxa de mortalidade da doença.

É o que já está sendo analisado na cidade de São Paulo, que já conseguiu vacinar cerca de 90% da população idosa.

De acordo com o Boletim Epidemiológico da capital paulista, entre janeiro e fevereiro, a taxa de mortalidade da população acima de 90 anos caiu 70%. Em janeiro foram registradas 137 mortes, enquanto em fevereiro foram 38.

Em Pernambuco, outro dado importante divulgado recentemente é que, após o início da vacinação, houve diminuição do número de solicitações de leitos de UTI para idosos com mais de 85 anos com Covid.

Imunização depende das duas doses

É muito importante ratificar que a imunização completa só se dá após a segunda dose de aplicação da vacina, seja ela Coronavac/Butantan ou AstraZeneca/Oxford. E mesmo após a aplicação da segunda dose, o corpo leva um tempo para criar a resposta imune.

De acordo com nota do Instituto Butantan, por exemplo, cada organismo reage de uma forma, dependendo de fatores como a faixa etária e o próprio sistema imunológico da pessoa.

“Em geral, em duas semanas após a segunda dose, estaremos protegidos, pois esse é o tempo que nosso sistema leva para criar anticorpos neutralizantes, que barram a entrada do vírus nas células”, diz trecho da nota.

Os dados do Butantan são embasado nos testes clínicos feitos no processo de elaboração da CoronaVac. “Ainda vale lembrar que uma quantidade ainda maior de anticorpos pode ser registrada até um mês após o fim da vacinação, também variando de indivíduo para indivíduo.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Arapiraca