OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,636 Arapiraca, AL 21ºC Tempo nublado

Editorias

14/10/2021 09:14
Arapiraca
Sindilojas discute com SMTT restrição a veículos pesados no Centro de Arapiraca
De acordo com o presidente do Sindilojas, Wilton Malta, o decreto, como está disposto atualmente, provoca um aumento de custos para os empresários
/ Foto:
Assessoria

Em reunião com o titular da Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), Josenildo Souza, engenheiros e técnicos da pasta e também a participação de empresários, o Sindilojas Arapiraca deu sugestões a respeito do decreto nº 2.708 que restringe o tráfego de veículos pesados no Centro de Arapiraca.

De acordo com o presidente do Sindilojas, Wilton Malta, o decreto, como está disposto atualmente, provoca um aumento de custos para os empresários em um momento em que buscam recuperar as perdas durante a pandemia.

“O trânsito precisa ser pensado como um todo, buscando soluções que sirvam tanto aos pedestres, como os motociclistas, motoristas e empresários. É necessário levar em consideração que todos praticamente terão um custo alto para poder se adequar ao decreto e, principalmente neste período que estamos vivendo, o município poderia ao menos estender o prazo para que a fiscalização ocorra de maneira educativa. Mas a reunião de hoje foi um início de conversa, um preâmbulo do que precisa ser discutido. Acredito que teremos sucesso e chegaremos a um acordo que vai beneficiar tanto os empresários como também a prefeitura, com o cumprimento do decreto vigente”, declarou Wilton Malta.

Ao final da reunião, em conversa com a engenheira da SMTT, Olga Mendes, o presidente do Sindilojas chamou a atenção para outros problemas no trânsito no Centro de Arapiraca que também merecem atenção do órgão, como correções no tempo de semáforos, intensificação das fiscalizações em locais de estacionamento proibidos, além de aumentar a quantidade de vagas para idosos e pessoas com deficiência e ainda meios para facilitar o fluxo de pedestres nas ruas.

“Em alguns pontos, são tantas motos e até mesmo outros veículos estacionados que os pedestres não tem como acessar a calçada quando atravessam a rua. Se em intervalos de uma certa quantidade de metros tiver um espaço exclusivo para o pedestre acessar a calçada, com uma rampa para cadeirantes até, iria impedir que as pessoas ficassem caminhando na rua, dividindo o espaço com veículos em movimento”, declarou.

O decreto nº 2.708, que já está em vigor, de forma educativa, proíbe a circulação de veículos pesados no Centro de Arapiraca, de segunda a sexta, entre às 7h e 19h, e aos sábados das 7h às 14h, exceto feriados. Dentro desse período, o transporte, carga e descarga de mercadorias só podem ser feitas por meio de veículos com capacidade máxima de 3.500 kg.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Arapiraca