OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 4,142 Arapiraca, 37ºC Ensolarado com muitas nuvens

Editorias

02/12/2019 08:47
Esporte
Técnico do CSA se emociona ao falar de situação do clube: "Dói no meu coração"
Ídolo do clube, Jacozinho assumiu o comando da equipe depois de Argel pedir demissão para se juntar ao Ceará
/ Foto: Reprodução
Redação com Fox Sport

O CSA foi derrotado dentro de casa para o Bahia por 2 a 1 neste domingo (1° de dezembro), pela 36° rodada do Campeonato Brasileiro. Esse resultado deixou a equipe em situação delicada, estando praticamente rebaixada no torneio. Substituto de Argel, o técnico Jacozinho se emocionou na coletiva ao alar sobre o momento do time.

“Quem sou eu para julgar o ser humano? Eu não posso julgar, você falou tudo. O sentimento que eu tenho no meu coração de ver o CSA ser rebaixado, dói no meu coração. Porque eu sou grato por tudo que o CSA fez na minha vida. Hoje, se eu tenho reconhecimento mundial é por conta do CSA. E nós vamos lutar sempre. Eu falei, quando eu vim para o CSA, que eu vinha para minha casa, para o meu povo”, disse o comandante.

“Alagoas é a minha casa, meu lar. Me abraçaram, e eu estou aqui firme. Todas as vezes que precisarem de mim, eu vou estar lá, botando minha cara para bater. Porque eu sou azulino, eu sou CSA. E, como azulino, eu fico emocionado quando acontecem umas coisas dessas. E, se o planejamento fosse, desde o início, bom, a gente estava na permanência. Mas, infelizmente, aconteceu o que aconteceu. Só Deus vai poder julgar essas pessoas que erraram”, completou.

Com 32 pontos, o CSA precisaria vencer as duas partidas restantes no Brasileirão, torcer para Cruzeiro e Ceará não pontuarem mais e tirar um saldo de gols superior a 20 da equipe que agora é comandada por seu antigo treinador. 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Esporte