OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,293 Arapiraca, AL 19ºC Tempo nublado

Editorias

13/09/2021 06:35
Geral
Briga em shopping de Brasília assusta lojistas e frequentadores
Uma confusão entre adolescentes fez com que funcionários fechassem as lojas e acionassem a Polícia Militar
/ Foto: Reprodução

Uma confusão assustou vendedores e frequentadores do Park Shopping, em Brasília, no fim da tarde de sábado (12/9). Um grupo de adolescentes começou uma briga que foi filmada e divulgada nas redes sociais. Os seguranças atuaram para cessar o confronto, que ocorreu no segundo piso, e várias lojas fecharam as portas por mais de uma hora. Segundo testemunhas, o local ficou repentinamente cheio de jovens, e o encontro parecia marcado com antecedência.

Nos vídeos é possível ver duas confusões. Nos primeiros segundos, um adolescente tenta chutar o outro, que foge, saindo do foco da câmera. A pessoa que filmava a confusão segue com o celular virado para um grupo maior. Nele, um rapaz de blusa preta luta contra dois agressores enquanto recua. Ele começa a fugir e outros dois também avançam para cercá-lo com socos e chutes. Em seguida, a vítima cai no chão.

No chão, vários outros jovens cercam o garoto e continuam a chutá-lo. O segurança do shopping chega em seguida e os agressores dispersam. Jovens ao redor gritam enquanto observam a confusão. Um garoto tenta retirar do local outro jovem envolvido na briga, mas ele se recusa.

O R7 conversou com funcionários das lojas. Um deles contou que a demora em reabrir as portas ocorreu porque a multidão de jovens seguia agitada do lado de fora. “Eu estava em atendimento. De repente, vi um movimento e o pessoal correndo. Os rapazes entraram em uma briga. Um chutando o outro. Em questão de cinco ou dez segundos, chegou um segurança. Ele levantou um rapaz que estava sendo agredido no chão e separou a multidão”, relatou o funcionário, que pediu para não ser identificado.

Segundo outro trabalhador, a ação dos seguranças foi pacífica. Logo após o tumulto, as lojas fecharam as portas. “Ficamos cerca de uma hora. Estava todo mundo muito agitado, um vai e vem e muitos adolescentes. Muitos mesmo. Os seguranças tentavam controlar. Depois o pessoal começou a ir embora e as lojas começaram a abrir. A gente ficou com medo. Eles poderiam ter fugido ou corrido para dentro da loja. Seria um quebra-quebra. Talvez tenham combinado de chegar tudo de uma vez. Encheu muito rápido”, contou o vendedor.

Fonte: R7


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Geral