OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,594 Arapiraca, AL 20ºC Estrelado

Editorias

13/02/2020 15:07
Meio Ambiente
Empresas serão obrigadas a recolher lixo eletrônico
Hoje, no país, existem 173 pontos para receber esses resíduos e a meta é que, em 5 anos, sejam mais de 5 mil pontos
/ Foto: Divulgação

 O Governo Federal ampliou o programa de recolhimento de lixo eletrônico. Hoje, no país, existem 173 pontos para receber esses resíduos. A meta é que, em cinco anos, sejam mais de 5 mil pontos. O presidente Jair Bolsonaro e o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participaram, nessa quarta-feira (12), de uma rápida cerimônia no Palácio do Planalto.

Salles comentou sobre a importância de aumentar a rede de recolhimento de lixo eletrônico.

Na cerimônia, Ricardo Salles assinou um acordo para a criação de uma campanha publicitária para orientar e incentivar o recolhimento de equipamentos eletrônicos que já não são mais usados e uma declaração que marca o início das atividades do projeto integrado de gestão de resíduos sólidos urbanos. Enquanto Jair Bolsonaro assinou um decreto que amplia essa política de recolhimento de lixo eletrônico.

A ideia é que, o lixo eletrônico possa ser entregue adequadamente em 400 municípios com mais de 80 mil habitantes, o que representa 60% da população brasileira. Todos os produtos coletados deverão ser enviados para a destinação ambientalmente adequada. A preferência é para a reciclagem, com o objetivo de levar esse material de volta à cadeia produtiva, reduzindo o consumo de matéria-prima e a poluição causada por esse tipo de lixo.

O governo vai repassar 64 milhões de reais para alguns desses municípios criarem estruturas adequadas para receber os resíduos eletrônicos. Esses recursos virão do Fundo de Direitos Difusos do Ministério da Justiça.

Fonte: Agência Brasil 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Meio Ambiente