OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 4,932 Arapiraca, AL 24ºC Chuvas esparsas

Editorias

20/01/2022 20:02
Meio Ambiente
Chuvas causaram prejuízo de R$ 55,5 bilhões no país entre 2017 e 2022
Levantamento feito pela Confederação Nacional de Municípios mostra que municípios declararam situação de emergência 5.622 vezes no período
/ Foto: Reprodução

As fortes chuvas e enchentes que atingiramm o país somaram prejuízo da ordem de R$ 55,5 bilhões aos municípios afetados, de 2017 a 2022. Os dados foram reunidos pela Confederação Nacional de Municípios (CNM).

Dentro do período observado, os entes federativos decretaram situação de emergência 5.622 vezes. O levantamento destaca que o período chuvoso mais recente, de outubro de 2021 a janeiro de 2022, bateu recorde no número de declarações. São 1.302 situações de emergência declaradas, frente ao recorde de 2017/2018, que foi de 1.155 decretações.

O Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sinpdec) define o período sazonal chuvoso no Brasil do início de outubro ao fim de março do ano seguinte. O ano com maior prejuízo concentrado foi o de 2020/2021, que somou R$ 18,9 bilhões em prejuízos.

Logo depois, o período chuvoso mais recente, entre 2021 e 2022, que ainda não finalizou, soma mais de R$ 17,2 bilhões em prejuízos aos municípios afetados pelas fortes chuvas no país.

Mais de 28,8 milhões de brasileiros foram afetados por alagamentos ou enchentes no período observado. Foram 637 óbitos registrados em desastres decorrentes das chuvas.

O período com mais prejuízos notificados foi entre 2018/2019, quando ocorreu o rompimento da barragem em Brumadinho (MG), que vitimou 264 pessoas. Seis ainda estão desaparecidas. Foram quase 172 mil pessoas desabrigadas e 820 mil desalojados, além de 327 óbitos.

Fonte: Metrópoles  


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Meio Ambiente