OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,876 Arapiraca, AL 24ºC Parcialmente nublado

Editorias

20/01/2021 15:07
Polícia
Mulher sofre aborto e sogra guarda feto na geladeira em Palmeira dos Índios
O caso está sendo investigado pela 5ªDRP da cidade. A Polícia quer saber se o aborto foi espontâneo ou provocado
Cidade de Palmeira dos Índios em Alagoas / Foto: Reprodução
Redação

 Um fato que chamou a atenção da população alagoana, também chocou moradores do município de Palmeira dos Índios, no Agreste de Alagoas. Uma mulher identificada como "Tuta", alegando não saber que estava grávida, teve um aborto na residência onde mora, no Conjunto Edval Gaia. Após o ocorrido, a mulher foi socorrida para a Maternidade Santa Olímpio, no município.

Mas o fato que chamou a atenção da população foi que o feto foi guardado pela sogra de Tuta em uma geladeira.

De acordo com informações, o caso aconteceu na segunda-feira (18), mas só ganhou maior repercussão nesta quarta-feira (20).

Em entrevista a uma emissora de rádio da cidade de Palmeira dos Índios, “Dona Tereza” (sogra de Tuta) revelou que pensou em enterrar o feto, que segundo ela é do sexo masculino, em uma encruzilhada, mas resolveu colocar em uma caixa e guardar em sua geladeira para depois mostrar ao médico.

O caso foi parar na 5ª Delegacia Regional de Polícia Civil (5ªDRP), onde o chefe de operações, Paulo Monteiro, falou sobre o fato que envolve uma série de ações inimagináveis.

A Polícia Civil vai instaurar inquérito policial para apurar se o aborto foi provocado ou se foi espontâneo.

O feto que estava guardado na geladeira da casa de Dona Tereza, no bairro Eucalipto, foi recolhido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca e trasladado até a sede do órgão para exame de necropsia.

O caso está sendo investigado pela 5ª DRP de Palmeira dos Índios.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Polícia