OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,402 Arapiraca, AL 25ºC Parcialmente nublado

Editorias

06/07/2020 16:19
Polícia
PMs são chamados de "macacos" durante ação para conter aglomeração, em Palmeira
O fato foi registrado no Conjunto Habitacional Brivaldo Medeiros, na noite deste domingo (05). A agressora foi detida e encaminhada para a Central de Polícia Civil de Arapiraca
/ Foto: Ilustração
Redação

 Durante o período da pandemia provocada pelo novo coronavírus, várias cenas de racismo, ignorância e até de agressões verbais, temos presenciado de forma rotineira.

Na noite deste domingo (05), pessoas que estavam em uma residência, realizando festa e causando aglomeração, no Conjunto Habitacional Brivaldo Medeiros, em Palmeira do Índios, no Agreste de Alagoas, não respeitaram determinação do decreto do Gorno do Estado, que recomenda o uso de máscara, distanciamento social. A policia foi acionada para orientar os morados para que cumprissem as determinações, mas acabaram ofendidos com palavras de baixo calão.

Os Policiais do Pelotão de Operações Especiais (Pelopes), lotados no 10º Batalhão de Polícia Militar, sediando em Palmeira dos Índios, foram xingados de macacos, cachorros e até de come de graça, enquanto tentavam impedir a aglomeração de pessoas.

Após uma denuncia, os militares foram ao local para impedir a aglomeração. De acordo com o relatório de 10º BPM, a dona da casa em questão, se dirigiu as agentes da lei de maneira ofensiva, proferindo palavras, tais como: "seus macacos", "seus cachorros" seus "come de graça".

Mediante as ofensas e a negativa da mulher em cumprir as determinações, ela acabou sendo detida e levada para a Delegacia Central de Polícia Civil, em Arapiraca, onde foi registrado um Termo Circunstanciado de Ocorrências (TCO) em desfavor da acusada.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Polícia