OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 4,142 Arapiraca, 31ºC Tempo nublado

Editorias

07/09/2019 09:15
Polícia
Polícia confirma que acusado na morte de professor Vandiele já foi preso por tráfico
Cléber José de Souza Braga Júnior, (foragido) foi preso em 2013 por porte ilegal de arma de fogo e em 2018 por tráfico de drogas; à época ele foi pego com 40 Kg de maconha
/ Foto: Reprodução
Redação

As Delegacias de Homicídios e Regional de Arapiraca confirmaram ao repórter Mitchell Torquato, da 96 FM Arapiraca, que o rapaz identificado como Cléber José de Souza Braga Júnior, um dos suspeitos na participação do assassinato do professor e suplente de vereador de Arapiraca, Vandiele da Silva Araújo Rocha, morto na sexta-feira (30/08) a golpes de faca, já tem passagens por porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas.

Júnior, como é popularmente conhecido, foi preso em 2013 por porte ilegal de arma de fogo. A arma estava com numeração raspada. De acordo com informações, consta no Boletim de Ocorrências que o suspeito pegou uma moto emprestada de um amigo na intenção de matar uma pessoa que seria um algoz seu.

Na informação consta que Cléber na época estava na companhia de um menor que teria afirmado para polícia que sabia que Júnior tinha intenção de cometer um crime, bem como o proprietário da motocicleta.

Em julho de 2018, ao lado de dois comparsas, Cleber José foi preso durante operação realizada em Arapiraca. Na ocasião, policiais militares apreenderam 40 kg de maconha em tabletes e prenderam os três suspeitos por tráfico de drogas.

Os entorpecentes foram encontrados dentro do veículo em que o trio estava. Na época, foram apreendidos também o carro, três celulares, dois relógios e uma balança de precisão. Os suspeitos e o material foram levados para a Delegacia Regional de Arapiraca.

Cléber José de Souza Braga Júnior, ainda não se entregou à polícia, como era esperado na última quinta-feira, e agora ele segue sendo considerado pelas autoridades, como foragido da Justiça. Quem tiver informações sobre o paradeiro do suspeito, polícia pede que entre em contato através do Disque Denúncia – 181.

Relembre a prisão de Junior com o grupo que foi flagrado com 40 quilos de maconha

Policiais militares prenderam três pessoas suspeitas de tráfico de drogas na madrugada desta terça-feira (10), na cidade de Arapiraca, Agreste de Alagoas. Durante a ação, foram apreendidos 40 kg de maconha em tabletes, que tinham a foto do personagem Chaves.

De acordo com o Coronel Boliva do 3º Batalhão de Polícia Militar (3ºBPM), foram presos Cleber José de Souza Braga Júnior, alagoano e Gilson Dos Santos Júnior e Andressa Vitória Santos Canuto, naturais de Sergipe. Eles vinham de Sergipe para entregar a droga na cidade.

“Nos recebemos uma denúncia pelo Disque Denúncia que alguns indivíduos estavam trazendo a droga e iam passar por Arapiraca, acionamos o nosso Serviço de Inteligência e interceptamos os suspeitos”, disse o coronel.

Após abordagem pessoal nada foi encontrado, dentro do veículo foram encontrados 40 Kg de maconha em tabletes com fotos do personagem Chaves. Sobre a propriedade da droga, os suspeitos informaram a polícia que levariam para um homem conhecido como Elvis, residente no bairro Cacimbas II, em Arapiraca.

Além das drogas foram apreendidos um carro modelo Ônix de cor prata, três celulares, dois relógios e uma balança de precisão. Suspeitos e material apreendido foram levados para a Delegacia Regional de Arapiraca.

Participaram da ação militares do 3º BPM, Pelotão de Operações Policiais Especiais (Pelopes) e Rocam de Arapiraca.
 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Polícia