OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 98876-8488 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,597 Arapiraca, AL 17ºC Parcialmente nublado
Editorias
22/06/2024 06:28
Polícia

Taxa de homicídios em Alagoas tem a maior redução do Nordeste em dez anos

Entre os anos de 2012 e 2022, o índice registrou redução de 46,9%, segundo o Atlas da Violência, publicação do Fórum Brasileiro de Segurança Pública
Retração da violência reflete os investimentos do governo em recursos humanos. Desde 2015, 4.623 novos policiais militares foram incorporados ao efetivo da PM / Foto: Pei Fon / Agência Alagoas
Redação com Agência Alagoas

Alagoas registrou a maior redução na taxa de homicídios entre os estados nordestinos em dez anos, de acordo com o Atlas da Violência, divulgado na terça-feira (18), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Foi uma queda de 46,9% no período.

 

A segunda maior redução, segundo o Atlas da Violência – que toma como referência o ano de 2022 – foi registrada na Paraíba, com -31,3%. Em seguida aparecem o Ceará (-25,9%), Sergipe (-19,9%), Rio Grande do Norte (-4,4%) e Pernambuco (-4,1%). No recorte de cinco anos – medidos entre 2017 e 2022 –, a taxa de homicídios por cem mil habitantes em Alagoas apresentou uma retração de 38,6%.

 

Jovens

 

O documento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública também revela que a taxa de homicídios de jovens de 15 a 29 anos por 100 mil habitantes em Alagoas registrou queda de 42,5% entre 2012 e 2022. Quando comparados os cinco anos (2017 a 2022), a retração foi de (40%).

 

No recorte por sexo, o Atlas mostra que o número de homicídios de homens entre 15 e 29 anos recuou 45,1% em dez anos. Alagoas também apresentou queda de 33,3% no número de homicídios de infantes de zero a quatro anos no período. Quando analisados os números de homicídios de crianças entre cinco e 14 anos, a retração foi de 78,4%. Na faixa etária entre 15 e 19 anos, a queda atingiu 64,7%.

Para o secretário de Estado da Segurança Pública, Flávio Saraiva, a queda nos índices de homicídios é resultado dos investimentos feitos pelo Governo do Estado. Ele lembra que, nos últimos dois anos, foram investidos R$ 510 milhões do Tesouro Estadual e do Fundo Nacional de Segurança Pública.

 

 

Os recursos foram empregados para equipar as forças de segurança com pistolas Glock; coletes balísticos, viaturas blindadas, embarcações, instrumentos de menor potencial ofensivo; equipamentos e insumos para a Polícia Científica; laboratório móvel de perícia criminal; drones com visão termal; softwares para extração de dados; escudos balísticos; trajes antibomba para o Bope; quadriciclos; caminhões-tanque e autobombas; aeronaves e equipamentos de proteção individual, como capacetes de combate a incêndio para o Corpo de Bombeiros Militar.

 

“Também já compramos um helicóptero multimissão H135, que é de última geração e vai ajudar no socorro aeromédico e nas atividades policiais que se fizerem necessárias”, informou Flávio Saraiva. “A aeronave também é preparada para utilização de óculos de visão noturna e visão sintética dos obstáculos, o que vai facilitar a captura de delinquentes”, acrescentou.

 

A retração da violência no estado também reflete os investimentos do governo em recursos humanos, por meio de concursos públicos. Desde 2015, foram incorporados 4.623 policiais militares.

 

A mais recente promoção de 2.728 policiais em 2023 – a maior da história do Estado – evidencia o compromisso com a valorização e reconhecimento dos profissionais da segurança. “A presença de novos policiais nas ruas, aliados a equipamentos modernos e infraestrutura adequada, é uma garantia de que Alagoas está no caminho certo para se tornar um estado cada vez mais seguro”, ressalta o governador Paulo Dantas. 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Polícia
KTO
KTO