05/09/2019 12:29:22
Cidades
Professores em greve enterram a educação de Piranhas durante ato na Prefeitura; vídeo
A categoria está há 10 dias em greve; professores do município recebem 4,5% a menos que o piso nacional
Cortesia ao Diário ArapiracaHoje a categoria completa dez dias de greve
Laís Pita

A educação de Piranhas foi enterrada, na manhã desta quinta-feira (05), por professores em greve.

Eles reividicam o salário do município, que paga 4,5% abaixo do piso nacional. 

Apesar de ser professora, a prefeita Maristela Sena Dias (PP) não quer conversa e não propõe nenhum acordo. Seu filho, vereador por Piranhas, Josimar Dias Nobre, e uma filha, Josemary Dias, também são professores da rede municipal. 

O Sindicato desde janeiro tenta dialogar com a gestão, que alega não ter dinheiro mas não prova com documentos, disse um professor.

Hoje, a categoria completa dez dias de greve, depois de algumas paralisações pontuais. Cinco deles foram descontados do salário de agosto, mesmo o movimento sendo considerado legal pela justiça.

Além dos professores, motoristas, merendeiras e serviçais também tiveram os dias descontados, mesmo não participando da greve. Teve servidor que chegou a receber pouco mais de R$ 400, visto que além do desconto tem empréstimo consignado.

O Diário Arapiraca tenta contato com o município. 

 

 

E-mail: redacao@diarioarapiraca.com.br
Telefone: (82) 9-9672-7222

©2019 - Diário Arapiraca | Portal de Notícias. Todos os direitos reservados.