17/07/2019 10:03:35
Ciência
NASA abre a era do turismo espacial
A abertura revoga a proibição ao acesso de turistas e empresas privadas ao laboratório de pesquisa em órbita e reflete o esforço mais amplo para expandir os negócios na ISS e no espaço em geral
Pixabay
Divulgação

 A Agência da Aeronáutica e Espaço do Governo dos Estados Unidos (NASA), informou que a Estação Espacial Internacional (ISS) poderá ser inaugurada para turistas em 2020. O objetivo da iniciativa é conseguir mais financiamento para os seus futuros projetos no espaço.

A agência vai disponibilizar até duas viagens por ano à estação ISS, com duração de 30 dias cada. Segundo a NASA, a estimativa de custo de um voo seria de cerca de 50 milhões de dólares por assento. Além disso, a agência cobrará alimentação, bagagem e comunicação aos visitantes assim que chegarem ao destino.

"Se você olhar para os preços e montantes, atrás de um guardanapo, seria de cerca de 35 mil dólares por noite, por astronauta", disse o diretor financeiro da Nasa, Jeff DeWit, numa coletiva de imprensa em Nova York. "Mas não virá com nenhum ponto do Hilton ou Marriott", acrescentou brincando.

A notícia foi confirmada no início de junho, pela própria Nasa. A abertura revoga a proibição de longa data ao acesso de turistas e empresas privadas ao laboratório de pesquisa em órbita e reflete o esforço mais amplo para expandir os negócios na ISS e no espaço em geral.

A viagem para a ISS será feita a bordo do sistema de foguetes e cápsulas desenvolvido pela Boeing e SpaceX, empresa de Elon Musk. As duas gigantes do espaço ficaram responsáveis por todos os tramites dos voos tripulados à ISS a partir do território norte-americano.

Funcionários da Nasa disseram também que essa abertura à iniciativa privada dá à agência mais espaço para se concentrar no objetivo da administração de Donald Trump de retornar à Lua até 2024, projeto que poderia ser alimentado, em parte, pela renda gerada pelos novos serviços comerciais.

Desde 2011, com o fim do programa dos ônibus espaciais, a NASA depende da Rússia para enviar seus astronautas à Estação Espacial Internacional (ISS), através dos foguetes e naves Soyuz. A agência espacial russa Roscosmos também saiu na frente no quesito viagens privadas ao espaço, pois já autorizou a ida de vários cidadãos particulares à sua estação.

 

E-mail: redacao@diarioarapiraca.com.br
Telefone: (82) 9-9672-7222

©2019 - Diário Arapiraca | Portal de Notícias. Todos os direitos reservados.