27/05/2024 15:36:05
Justiça
Acusado de contratar um assassino para matar companheira vai a júri popular
O casal mantinha um relacionamento e uma suposta traição da vítima teria motivado o crime
Ascom TJALTJAL
Redação com assessoria

O réu Silvano do Nascimento Passos, acusado de contratar um assassino para matar Maria Rita Correia da Silva, vai a Júri popular nesta terça-feira (28). O caso ocorreu no bairro Tabuleiro dos Martins, em Maceió, em 1999. O casal mantinha um relacionamento e uma suposta traição da vítima teria motivado o crime.

 

De acordo com os autos (documentos que compõem o processo), Silvano planejou a morte da companheira. No processo ainda consta que no dia 1º de junho de 1999, Maria foi morta com o uso de um instrumento contundente, causando perfurações no rosto.

A vítima foi atraída pelo companheiro para se encontrar com o assassino em um terreno baldio, localizado nas proximidades de armazéns de açúcar.

Segundo apontam os documentos do processo, o homem teria pago cerca de R$200 e uma radiola para cometer o crime. O corpo da vítima foi localizado 10 dias após o ocorrido, enterrado em uma cova rasa. 

E-mail: [email protected]
Telefone: (82) 9-9672-7222

©2024 - Diário Arapiraca | Portal de Notícias. Todos os direitos reservados.