17/07/2019 16:17:16
Mundo
Justiça dos Estados Unidos sentencia El Chapo à prisão perpétua
Traficante pode recorrer da sentença nesta quarta, em um tribunal de Nova York
Reprodução

O traficante de drogas mexicano Joaquín "Chapo" Guzmán, conhecido como "El Chapo", foi sentenciado nesta quarta-feira (17) à prisão perpétua, por um tribunal federal em Nova York, nos Estados Unidos. Ele ainda pode recorrer da sentença, segundo o "The New York Times".

Além da prisão perpétua, Chapo também foi sentenciado a mais 30 anos de prisão por porte de armas de fogo e a entregar US$ 12,6 bilhões (R$ 47,4 bilhões), disseram os procuradores.

Momentos antes de a sentença ser anunciada, El Chapo falou, por meio de um tradutor, sobre os dois anos e meio que passou em uma prisão americana. O traficante foi preso em 2016 e extraditado do México para os EUA em 2017, e desde então ficou praticamente isolado do mundo exterior, em prisão solitária, por ter um histórico de fugas de cadeias mexicanas.

"Foi uma tortura mental, emocional e psicológica 24 horas por dia", declarou. Ele afirmou ter sido submetido a tratamento "cruel e desumano" , diz a Reuters.

Chapo também declarou que um julgamento justo lhe tinha sido negado.

O veredito desta quarta-feira atende ao pedido feito pelos procuradores, que, além da prisão perpétua pelos crimes relacionados ao tráfico, tinham pleiteado mais 30 anos de prisão para o mexicano pelo uso de armas de fogo. Chapo é um dos fundadores do cartel de Sinaloa, considerado o maior do mundo.

Antes do anúncio da sentença, uma ex-sócia do traficante descreveu como ele pagou US$ 1 milhão (R$ 3,76 milhões) a uma gangue para que ela fosse executada.

A expectativa, segundo a imprensa americana, é de que ele cumpra a sentença na Instalação Máxima Administrativa Penitenciária dos Estados Unidos, no Colorado, que é conhecida como ADX, a mais restritiva no país. Ninguém conseguiu escapar de lá desde que foi inaugurada, em 1994.

Se ficar preso na ADX, conhecida como a "Alcatraz dos Estados Montanhosos", El Chapo estará no mesmo lugar que o "Unabomber" e autores de diversos atentados, como o 11 de setembro e o da maratona de Boston, em 2013. 

Fonte: G1

E-mail: redacao@diarioarapiraca.com.br
Telefone: (82) 9-9672-7222

©2019 - Diário Arapiraca | Portal de Notícias. Todos os direitos reservados.