OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,311 Arapiraca, AL 26ºC Parcialmente nublado

Notícias

22/05/2020 14:36
Alagoas
Governo inaugura Hospital de Campanha em Jaraguá com 150 novos leitos, em Maceió
Unidade “portas fechadas” é destinada exclusivamente para pacientes infectados pelo coronavírus
/ Foto: Assessoria
Redação com Agência Alagoas

O Hospital de Campanha Celso Tavares passa a integrar a partir desta sexta-feira (22) a rede pública hospitalar no combate ao coronavírus no estado. Com 150 leitos clínicos, a unidade hospitalar instalada no Centro de Convenções, em Jaraguá, atenderá em tempo integral. Mais de 450 profissionais de saúde se revezam no atendimento exclusivo a pacientes com Covid-19.

Assim como Hospital da Mulher e o Hospital Metropolitano, o Hospital de Campanha Celso Tavares é uma unidade de “portas fechadas”, ou seja, recebe o paciente já regulado pelas portas de entradas – postos de saúde, clínicas sentinelas, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) ou pelas centrais de triagem de síndromes gripais no Trapiche e no Benedito Bentes -, que direcionam para esses hospitais conforme avaliação médica criteriosa.

“A gente tem se esforçado ao máximo para entregar novos leitos nesse momento de pandemia e hospital é muito representativo para a rede de saúde de Alagoas. Dentre os 150 leitos clínicos, teremos quatro intermediários, com respiradores, caso haja algum agravamento. Se o paciente precisar de um leito de maior complexidade, ele será transferido para outro hospital”, salientou o governador.

Renan Filho aproveitou para reforçar a importância do isolamento social e da colaboração da população nesse momento em que é preciso evitar a contaminação pelo novo coronavírus e a superlotação do hospitais.

O governado informou ainda que neste final de semana o estado chegará aos mil leitos destinados à pacientes infectados pela Covid-19 com a abertura de mais 60 leitos clínicos em Campo Alegre e que novos leitos serão abertos em todo o estado nas próximas semanas, incluindo o Hospital Regional do Norte, em Porto Calvo, em junho.

“Amanhã abriremos 60 leitos clínicos em Campo Alegre e chegaremos a mil leitos destinados à Covid-19 em Alagoas. Na terça-feira começaremos a construção do hospital de campanha de Arapiraca, também com 60 leitos, dando sequência ao trabalho que o governo está fazendo. Além disso, teremos leitos novos em Atalaia, Capela, Penedo, Palmeira dos Índios, Santana do Ipanema, São Miguel dos Campos. Teremos ainda cerca de novos 150 leitos com a entrega, em definitivo, do Hospital Regional do Norte, em Porto Calvo, próximo dia 20 de junho. Mas volto a dizer, é fundamental que o cidadão colabore. Ninguém gostaria de estar vivendo esse momento. Está sendo difícil para todo mundo e especialmente difícil para mim, que estou tendo que tomar decisões muito complexas e nada simples”, afirmou.

O secretário Alexandre Ayres afirma que é fundamental o tratamento humanizado com os pacientes e famílias dos pacientes neste momento em que não é possível o contato por meio de visitas, gerando ansiedade sobretudo nas famílias que querem informações sobre seus familiares, buscando proporcionar mais segurança ao cidadão.

“Na entrada do hospital teremos um espaço chamado Espaço da Família, que terá uma televisão e os familiares terão contato visual com seus parentes. Os enfermeiros e técnicos de enfermagem terão tablets circulando nos leitos, com horário marcado, para que os pacientes que estejam internados possam dialogar virtualmente com seus familiares. Essa é mais uma medida de humanização que criamos aqui nos hospitais de Alagoas, no Hospital Metropolitano já está funcionando e irá funcionar no Hospital de Campanha, no Hospital da Mulher e também nos outros hospitais onde temos leitos contratualizados, para que a gente possa acalmar o familiar que está em casa”, explicou.

O governador reiterou que segue cobrando os 30 respiradores prometidos o estado pelo governo federal e destaca a empenho do estado na corrida contra o tempo para equipar leitos de UTI por conta própria.

“Eu não vou me envergonhar em cobrar, porque eu não estou fazendo cobrança para mim, eu estou fazendo cobrança para o povo de Alagoas. Eu ligo diariamente para a secretária do ministro da Saúde para cobrar os respiradores que nos foram prometidos. Alagoas precisa desses respirados. Antes da pandemia nós tínhamos 180 leitos de UTI, hoje temos 387, mais que dobramos. Abrimos 207 novas UTIs para a Covid-19”, disse Renan Filho.

Celso Tavares – Médico infectologista que faleceu em fevereiro de 2020. Doutor em Ciências pelo Centro de Pesquisas Aggeu Magalhães (CPqAM/FIOCRUZ) e Mestre em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP). Celso Tavares era professor aposentado da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), assessor técnico em Doenças Infeciosas e Parasitárias da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), coordenador geral de Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde de Maceió (SMS) e membro da Câmara Técnica de Infectologia do Conselho Regional de Medicina.

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Alagoas