OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8808-7803 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,126 Arapiraca, AL 20ºC Tempo nublado

Notícias

04/07/2022 16:50
Cidades
Após fortes chuvas, quase 170 alagoanos são resgatados de casa
Sete municípios de Alagoas são considerados como críticos, segundo o Corpo de Bombeiros
Também foram registradas duas ocorrências de queda de árvore, uma delas na Chã da Jaqueira, que deixou uma vítima ferida / Foto: reprodução
Redação por Gazetaweb

Levantamento do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) de Alagoas mostra que foram registradas, até a tarde desta segunda-feira (4), 32 ocorrências que deixaram 167 vítimas ilhadas durante as fortes chuvas em mais da metade dos municípios. Há duas situações de queda de árvores, com uma vítima.

Em relação às pessoas ilhadas, as ocorrências foram registradas em Rio Largo (uma); Capela (duas); Atalaia (três); Marechal Deodoro (5); Rio Largo (120); Maceió (Bom Parto, perto de dez casos); Maceió (Prado, quatro); Maceió (Levada, mais de 20); Murici e Viçosa (sem informação sobre a quantidade de vítimas).

Também foram registradas duas ocorrências de queda de árvore, uma delas na Chã da Jaqueira, que deixou uma vítima ferida.

Os municípios considerados em situação mais crítica pelo CBM são Murici, Rio Largo, Penedo, Viçosa, São José da Laje; União dos Palmares e Maceió. E, em estado de alerta, Rio Largo e Coruripe.

De acordo com levantamento da Coordenadoria da Defesa Civil Estadual, o número de pessoas atingidas pelas chuvas em Alagoas passou de 56 mil, sendo o município com mais afetados Rio Largo, que tem sete mil pessoas fora de suas casas, 199 desabrigadas e 6.801 desalojadas. O número de mortos chegou a seis.

fONTE:Gazetaweb


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Cidades