OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 98876-8488 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,597 Arapiraca, AL 17ºC Parcialmente nublado
Notícias
19/06/2024 09:24
Educação

AL é o penúltimo do Nordeste com o menor número de inscritos para o Enem 2024

Pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 85, deve ser efetuado até esta quarta-feira (19)
/ Foto: Hebert Borges
Redação com GazetaWeb

Alagoas possui 106.194 inscritos para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), sendo o Estado do Nordeste com menor número de inscritos, perdendo para Sergipe. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

De acordo com o Inep, o Enem 2024 recebeu 5 milhões de inscrições — um aumento de 8% em relação à edição anterior da prova. No entanto, esse número pode aumentar, já que o governo federal vai garantir um período extra para que os moradores do Rio Grande do Sul se inscrevam, entre 16 e 21 de junho, devido às inundações que o Estado está enfrentando.

O Estado do Nordeste que teve o maior número de inscritos foi a Bahia, com 449.528, seguida pelo Ceará, com 279.054, Pernambuco, com 275.543, Maranhão, com 210.647, Paraíba, com 149.663, Piauí, com 125.815 inscritos, e Rio Grande do Norte, com 119.880.

Os Estados com os menores números foram Alagoas, com pouco mais de 106 mil inscritos, e Sergipe, com 80.918.

O prazo regular de inscrição encerrou-se na última sexta-feira (14), após ser ampliado para permitir que mais estudantes participassem do exame. O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 85, deve ser efetuado até esta quarta-feira (19).

"Mais da metade dos inscritos (2.731.757) não precisará pagar a taxa de inscrição porque teve a solicitação de isenção aprovada. Os concluintes do ensino médio correspondem a 1.655.721 inscritos, sendo que 1.330.364 inscrições desse grupo foram gratuitas e 325.357 deverão ser pagas", informou o Inep.

O Enem, Exame Nacional do Ensino Médio, avalia o desempenho dos estudantes ao fim da educação básica. Em mais de duas décadas, tornou-se a principal via de acesso ao ensino superior no Brasil, por meio do Sisu e do Prouni.

Instituições de ensino, públicas e privadas, utilizam o Enem em seus processos seletivos, seja como critério único ou complementar. Além disso, os resultados do exame são fundamentais para o acesso a programas governamentais, como o Fies.

No exterior, instituições em Portugal que possuem convênio com o Inep também consideram as notas do Enem em seus processos seletivos, facilitando o ingresso de estudantes brasileiros no ensino superior no País.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Educação
KTO
KTO