OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,511 Arapiraca, AL 20ºC Ensolarado com muitas nuvens

Notícias

07/02/2020 09:08
Entretenimento
Ex de Gugu, Fabiana Andrade fala de Rose Miriam: "Se fosse mão dos filhos não faria isso"
Fabiana e Gugu namoraram por três meses em 2001
Fabiana Andrade e Gugu no carnaval de 2001 e ela hoje / Foto: Ana Branco e reprodução/ Facebook

 Pouco mais de três meses após a morte de Gugu Liberato, a modelo Fabiana Andrade ainda fala sobre o ex-patrão e ex-namorado com a voz embargada. Na época do acidente que matou precocemente o apresentador, a carioca preferiu ficar em silêncio. “Tive depressão, fiquei muito triste mesmo. Não queria me pronunciar sobre ele, que sempre foi um amigo querido”, justifica ela.

Fabiana e Gugu namoraram por três meses em 2001. O relacionamento foi assumido durante o carnaval daquele ano. Até então, Gugu nunca havia feito aparições públicas com uma namorada. Também nunca havia pisado na Marquês de Sapucaí. “Lembro que todo mundo queria tirar foto da gente, passamos pelo Camarote da Brahma, mas antes ele ficou do lado da minha mãe em outro espaço enquanto eu desfilava. Eu era rainha de bateria da Império Serrano”, recorda.

Na mesma época, logo após o término, Gugu foi capa da “Veja” e contou na reportagem que sua mãe, Maria do Céu o aconselhou a terminar o romance pois achava que os dois tinham vidas muito diferentes. “Nem sabia disso. Não li”, diz Fabiana.

O sonho de ser pai

Na fase do namoro, ela conta que Gugu já falava em filhos. “Era o sonho dele ser pai. Ele chegou a cogitar comigo, mas eu era muito nova, tinha 22 anos”, conta ela, hoje com 40.

Ao ler as notícias que colocam a companheira de Gugu Liberato, Rose Miriam, de um lado e a família dele de outro numa disputa pela herança do apresentador, Fabiana não titubeia. “Se eu fosse a mãe dos filhos dele, jamais faria isso que ela está fazendo. Pelos meus filhos. Aquelas crianças não merecem estar no meio disso. Vejo o João Augusto em fotos e queria dar um abraço nele. Ele é o Gugu escrito”, opina.

Fabiana destaca a generosidade do ex. “Ninguém precisava pedir nada a ele. Uma vez o Gugu foi para a Bahia e me trouxe uma blusa cheia de pedras que hoje valeria uns R$ 3 mil. Ele adorava dar presentes”.

“Era ou não era?”

A modelo destaca ainda a discrição com a qual Gugu mantinha sua vida pessoal. “Acho um absurdo quando me perguntam se ele era ou não era (gay). O que posso dizer é que ele foi um grande amigo e um homem exemplar”, descreve.

O último encontro entre Fabiana e Gugu aconteceu em 2015 quando ela fez uma participação no programa dele, na Record, num de seus mais famosos quadros. “Ele estava testando de novo a Banheira do |Gugu e como fiz parte, ele me convidou. Depois fui até o camarim e fizemos uma foto. Ele sempre gentil e amável”, relata.

Fabiana ficou conhecida nos muitos desfiles de escola de samba que fez. Hoje, mãe de um garoto de 11 anos e estilista de biquínis, ela não quer voltar à Avenida nem saber dos holofotes: “Cansei de tudo isso. É um meio muito difícil. Meu último desfile foi há três anos. Agora vou só para assistir”.

Fonte: Extra


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Entretenimento