OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8808-7803 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,094 Arapiraca, AL 23ºC Tempo limpo

Notícias

27/11/2021 13:00
Entretenimento
Madonna ataca censura no Instagram por remoção de foto com seio à mostra
Cantora reclamou dos critérios de moderação na plataforma do Facebook
/ Foto: Reprodução

A cantora Madonna atacou o que considerou um ato de censura no Instagram, depois que a plataforma do Facebook removeu uma foto em que aparecia com parte de um dos seios à mostra.

A artista, de 63 anos, havia postado na quinta-feira (25/11) um conjunto de fotos feitas em um quarto, em roupas provocantes, uma delas com o mamilo aparecendo. No dia seguinte reagiu furiosa à remoção, republicando a foto com um emoji sobre o seio e disparando contra o fato de ter sido censurada ao mesmo tempo em que outras partes do corpo feminino podem ser expostas nas redes sociais.

A crítica de uma das personalidades mais populares do mundo, com 17 milhões de seguidores no Instagram, vem no momento em que o Instagram enfrenta uma crise, provocada pela revelação de documentos internos por uma ex-funcionária do Facebook comprovando que a empresa tinha conhecimento de prejuízos emocionais causados a jovens usuários.

A censura no Instagram

Só que desta vez a crise é outra. Enquanto muitos reclamam das redes sociais, sobretudo Facebook e Instagram, por não removerem conteúdo de ódio, pornográfico ou que propaga teorias conspiratórias, Madonna colocou em questão justamente o contrário: por que determinadas imagens são permitidas e outras não?

Na postagem com a foto republicada, a cantora disse:

Estou postando fotos que o Instagram tirou do ar sem aviso ou notificação… .. O motivo apresentadora por eles aos gestores da minha conta é que uma pequena parte do meu mamilo foi exposta.

Ainda é surpreendente para mim o fato de vivermos em uma cultura que permite que cada centímetro do corpo de uma mulher seja mostrado, exceto um mamilo.

Como se essa fosse a única parte da anatomia de uma mulher que pudesse ser sexualizada. O mamilo que nutre o bebê!

Um mamilo de homem não pode ser percebido como erótico ?? !! E o traseiro de uma mulher, que nunca é censurado em lugar nenhum?

Agradeço por ter conseguido manter minha sanidade ao longo de quatro décadas de censura … sexismo … preconceito de idade e misoginia.

E finalizou com ironia, referindo-se ao tratamento dado pelos colonizadores aos índios americanos:

“[O caso] é perfeitamente coerente com as mentiras em que fomos ensinados a acreditar, sobre os peregrinos dividindo o pão pacificamente com os índios americanos nativos quando eles chegaram a Plymouth. Deus Salve a América”.

As fotos polêmicas de Madonna

A postagem que deu origem à polêmica, agora removida, era um ensaio com várias fotos, sob o título “Anjo cuidando de mim”. Novamente a cantora juntou erotismo e referências religiosas, tema recorrente para ela.

Instagram Madonna

A cantora aparece em um quarto, entre lençóis brancos, usando uma lingerie de couro, meia arrastão e um colar de cruz de diamantes. Um anjo de metal pendurado na parede sobre a cama olha para ela.

Nos comentários, os seguidores dividiram-se: enquanto muitos elogiaram a boa forma física de Madonna, outros sugerem que a artista colocou implantes, ou criticam-na por, aos 63 anos, continuar a compartilhar fotos ousadas.

Moderação nas plataformas digitais

Menos de 24 depois, a postagem já somava quase 1 milhão de visualizações, e joga novamente a luz dos holofotes sobre os critérios de moderação das plataformas digitais.

Uma das críticas mas recente veio após uma reportagem do Wall Street Journal em setembro mostrando que o Facebook “alivia a barra” de pessoas poderosas e influentes no que diz respeito à moderação de posts.

O Conselho de Supervisão, comitê de avaliação da rede social formado por representantes da sociedade, determinou que a empresa torne transparente o sistema de checagem cruzada utilizado para definir quais posts serão excluídos da plataforma.

Figuras como o ex-presidente Donald Trump, o jogador Neymar, a senadora americana Elizabeth Warren e até mesmo o cachorro-celebridade Doug the Pug são cobertos pelo sistema paralelo, apelidado de “XCheck”, criado em resposta às deficiências dos processos duplos de moderação humana e de inteligência artificial da rede social. Aparentemente, Madonna não está entre os privilegiados.

Na época, o diretor de comunicação do Facebook, Andy Stone, enfatizou como a empresa tornou público seu sistema de “verificação cruzada” em 2018, após a emissora britânica Channel 4 News questionar suas práticas de moderação.

“Como dissemos em 2018: ‘verificação cruzada’ significa simplesmente que algum conteúdo de certas páginas ou perfis recebe uma segunda camada de revisão para garantir que aplicamos nossas políticas corretamente. Não existem dois sistemas de justiça; é uma tentativa de proteção contra erros.”

Fonte: Mediatalks Uol


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Entretenimento