OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,345 Arapiraca, AL 19ºC Tempo limpo

Notícias

09/05/2020 12:09
Justiça
MPAL defende conduta de promotora de Justiça que requisitou inquérito contra PM
O policial militar reformado agrediu um cidadão e saiu às ruas sem máscara, na quinta-feira (07), na cidade de União dos Palmares
Sede do Ministério Público de Alagoas (MPAL), em Maceió / Foto: Ascom/MPAL
Redação com assessoria

A promotora de Justiça Jheise Gama requisitou inquérito policial contra um policial militar reformado que agrediu um cidadão e saiu às ruas sem máscara, na quinta-feira (07), na cidade de União dos Palmares. O referido militar espalhou áudios em que tenta denegrir a imagem da promotora e do Ministério Público de Alagoas (MPAL).

O procurador-Geral de Justiça do Estado de Alagoas, Márcio Roberto Tenório de Albuquerque, chefe do MPAL, em total e irrestrito apoio à promotora de Justiça Jheise Gama, divulgou uma nota, nessa sexta-feira (08).

Confira a nota:

“O Ministério Público do Estado de Alagoas, através da Procuradoria-Geral de Justiça, no sentido de garantir o respeito às prerrogativas e à atuação funcional dos membros, empenha seu total e irrestrito apoio ao trabalho realizado pela Promotora de Justiça JHEISE DE FÁTIMA LIMA DA GAMA, a qual desenvolve o seu labor de maneira exemplar, notadamente no combate à criminalidade na Cidade de União dos Palmares-AL, razão pela qual obteve o reconhecimento e a admiração da sociedade alagoana, destinatária única dos préstimos ministeriais no Estado.

Repudiamos a forma equivocada e inconsequente em que o senhor Elcio Sarmento, durante postagens em rede social whatsapp, no lugar de defender-se da requisição de instauração de inquérito policial, por crimes, em tese, por ele praticados, atacou a representante Ministerial e o Ministério Público como um todo, por cumprir com o seu dever funcional, nos exatos limites de suas atribuições constitucionais.

Ao final, a Procuradoria-Geral de Justiça repele toda e qualquer insinuação que venha a macular a imparcialidade e a correção de postura da referida Promotora de Justiça.
Maceió, 08 de maio de 2020.

Márcio Roberto Tenório de Albuquerque (Procurador-Geral de Justiça do Estado de Alagoas)”


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Justiça