OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,119 Arapiraca, AL 23ºC Estrelado

Notícias

25/03/2020 12:30
Mundo
Ao som de um saxofone, noivos se casam em lugar vazio em meio à pandemia
A pandemia do novo coronavírus (COVID-19) afetou a vida de milhões de pessoas em todo o mundo e os casamentos estão entre os planejamentos sociais impactados pelas quarentenas
Israelenses tem casamento vazio em meio à pandemia de coronavírus / Foto: Ronen Zvulun/Reuters

O espaço quase deserto, as mesas vazias cobertas por toalhas de linho branco. Um homem usando máscara pulveriza desinfetante no chão enquanto um saxofonista sozinho toca suas músicas. Bem-vindos ao casamento de Roni e Yonatan.

A pandemia do novo coronavírus (COVID-19) afetou a vida de milhões de pessoas em todo o mundo e os casamentos estão entre os planejamentos sociais impactados pelas quarentenas, isolamentos e proibições de grandes aglomerações.

No entanto, este casal israelense não deixou que isso os impedisse de ter seu grande dia. No parque nacional Ein Hemed, a uma distância curta de Jerusalém, a noiva e o noivo se abraçaram, trocaram votos e dançaram coladinhos. A única diferença para uma celebração tradicional foi que quase não havia convidados para testemunhar as núpcias.

"É diferente do que tínhamos imaginado... mas é perfeito, eu acho", disse a noiva Roni Ben-Ari, 26, virando-se para o noivo e rindo. "É uma maneira diferente e única de se casar", adicionou Yonatan Meushar, 36, falando em hebraico. "Mas estamos nos acostumando à situação".

Uma pequena parcela de parentes próximos compareceu, e outros convidados participaram virtualmente por um aplicativo de teleconferência.

Conforme Israel caminha para uma quarentena para frear o avanço da COVID-19, a maior parte dos eventos, incluindo casamentos e outras celebrações, foi cancelada.

Então Itamar Yakuteli, gerente do local de casamento da floresta de Ein Hamed, lançou um serviço especial em que oferece casamentos pequenos e gratuitos para noivos que não puderam realizar o enlace como polanejado.

Ben-Ari e Meushar, moradores do Kibbutz Kalya, um assentamento próximo do Mar Morto na Cisjordânia, planejavam se casar na quinta passada (12), mas tiveram de cancelar depois que o governo israelense limitou, na noite anterior, aglomerações em lugares fechados a até cem pessoas. Eles estavam esperando cerca de 260 convidados.

Então, o casal ouviu falar da iniciativa de Yakuteli. "Nossa agenda está vazia, a pista de dança está vazia", contou ele à Reuters. "Para combater a epidemia do coronavírus, nós decidimos lançar uma operação de casamentos judaicos transmitidos pela internet".

Israel confirmou 529 casos da COVID-19. Nenhuma morte relacionada à doença foi relatada no país ou nos territórios palestinos até o momento.

Convidados acompanham a cerimônia do casamento de Roni e Yonatan pelo celular em meio à pandemia do novo coronavírus (COVID-19)
Foto: Ronen Zvulun/Reuters 

Fonte: CNN Brasil


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Mundo