OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,213 Arapiraca, AL 24ºC Parcialmente nublado

Notícias

03/05/2021 13:40
Tecnologia
Por que e como desenvolver o tom de voz da marca?
Mostre que sua empresa e seus produtos tem algo diferente dos outros do mercado
Por que e como desenvolver o tom de voz da marca? / Foto: Reprodução/
Reprodução

Há diversas empresas que oferecem o mesmo produto ou têm propostas semelhantes. Por isso, é importante mostrar algo que diferencie o seu negócio dos outros no mercado. O tom de voz da marca – Brand Voice – é a ferramenta certa para ajudar a sua empresa a se destacar das outras. Além disso, essa distinção pode ser capaz de encantar os clientes a ponto de aumentar a fidelização dos mesmos.

O tom de voz é a união de palavras, termos e recursos que transmitem a visão, os objetivos e os valores de uma marca. Depois de escolhido, deve ser aplicado em todos os canais da empresa, seja institucional ou de divulgação. Assim, a sua linguagem fica mais marcada entre os consumidores.

Sendo assim, o tom de voz está intimamente relacionado com o branding da empresa. Ou seja, é uma ferramenta que ajuda a tornar a marca mais conhecida e desejada.

A experiência dos consumidores durante a compra tem sofrido alterações, principalmente após a pandemia da COVID-19. A internet ganhou ainda mais relevância, bem como os meios de compra, como o e-commerce. Por isso, a exigência sobre a marca na hora de engajar com o cliente é tão grande.

Com essa nova realidade, as empresas tiveram que encontrar uma forma de mostrar o quem são e quais os seus propósitos no mercado. A fim de externalizar todas essas ideias, o tom de voz surge como um método essencial para desenvolver a sua vantagem competitiva.

Separamos alguns itens para que você possa entender como as o tom de voz pode ajudar a sua empresa. Continue nesse artigo e você verá:

1. Importância do tom de voz;
2. Como criar o tom de voz;
3. Exemplos de marcas e seu tom de voz.

1. Importância do tom de voz

Após falarmos sobre o conceito de tom de voz, neste item vamos focar em sua importância. Além disso, vamos te mostrar como os empreendedores podem criar uma vantagem competitiva para ganhar espaço no dia a dia do cliente.

Um dos aspectos mais importantes em que o tom de voz consegue ajudar é o reconhecimento de marca. Assim, é provável que a empresa venha à mente dos clientes nos mais variados momentos do dia. Pode ser por causa das cores, algum som ou uma fragrância que remeta ao seu negócio.

Não só o tom de voz, mas qualquer estratégia que envolva o branding é capaz de criar coesão em uma marca. Entretanto, para isso, é fundamental trabalhar com todos os canais em que a empresa esteja inserida. E o posicionamento em todos esses meios deve ser único, ou seja, não pode ser diferente um dos outros e, também, deve estar de acordo com o canal onde estão inseridos.

Podemos concluir que o que sustenta a importância desse método é a capacidade de gerar identificação. Os consumidores não querem apenas produtos ou serviços que supram a sua necessidade. A aquisição dos mesmos requer muito mais. O público-alvo busca algo que o envolva com um estilo de vida e o ajude a sustentar sua personalidade.

Por exemplo, a Nike reforça a ideia de pessoas que se preocupam com atividades físicas e estão sempre encontrando formas de se motivarem a manter uma vida saudável. O público deles busca reforçar essa personalidade e se conectar com a marca, o que é diferente dos consumidores da Forever 21.

Ou seja, a questão vai além de apenas roupas. A identificação é o ponto-chave. E isso se deve muito ao tom de voz das suas marcas que conseguiram se comunicar e conectar com o público que buscavam.

2. Como criar o tom de voz

Criar o tom de voz da sua marca pode levar tempo, então comece a defini-lo o quanto antes. Quanto mais cedo o brand voice estiver pronto, mais rápido e fácil será de integrá-lo à cultura organizacional da empresa. Assim, os colaboradores já podem aplicar na hora de se comunicarem com os consumidores.
Por isso, separamos alguns passos que irão te ajudar na criação do tom de voz de sua marca:

• Construa Personas

O primeiro passo é entender com quem a sua empresa está falando e elaborar a persona de sua marca. Para isso, é necessário levar alguns detalhes em consideração, pois há diferentes pessoas e cada uma delas consome conteúdos de maneiras distintas. Veja algumas das informações que se deve levar em consideração ao criar sua persona:

• Nome;
• Idade;
• Profissão;
• Hábitos;
• Principais dores;
• Como o seu produto ou serviço pode agregar valor.

• Relacione a persona à marca

Para esse passo é importante responder algumas perguntas, que te ajudarão a chegar mais próximo da definição do tom de voz da marca. Será possível entender quais as necessidades para atender às necessidades do público-alvo. Veja essas perguntas:

• O que as pessoas devem sentir ao se relacionarem com a nossa marca?
• O que devem pensar sobre a nossa empresa?
• Como descrever a nossa marca?
• Quais marcas nos inspiram?
• De quais marcas não queremos nos aproximar?

• Defina os canais

Após a definição do público-alvo e da persona, é preciso escolher os canais em que suas campanhas serão veiculadas. Por isso, é fundamental entender os meios online e offline para saber o que faz sentido para as pessoas que a sua marca planeja alcançar.

Apesar do tom de voz ter que ser o mesmo em todos os meios, é indicado encontrar uma maneira de adaptá-lo para os diferentes canais. Por exemplo, a linguagem utilizada no Instagram é diferente da que é aplicada no Twitter ou na televisão.

• Participe de grupo de testes

Depois de criado o tom de voz, o mesmo deve ser testado. Para isso, é bom desenvolver algumas frases e peças que possam refletir a voz definida. Após essa fase, utilize de focus group – grupo de pessoas que representem o público-alvo da marca. Este será responsável por explicar à empresa quais foram as sensações que elas tiveram ao analisar o material que foi apresentado.

• Monte um manual

O manual pode servir tanto para os funcionários quanto para os consumidores. Faça com que ele chegue até as pessoas certas, para que possam entender o conceito da marca. Ou seja, para que saibam como cada palavra, frase ou imagem foi utilizada. Dessa forma, a propagação pode ser ainda maior.

3. Exemplos de marcas e seu tom de voz

Separamos alguns exemplos para que você possa entender melhor a aplicação do tom de voz nas peças:

• Coca-Cola

A marca de refrigerante é uma das que melhor usa estratégias de branding. Ao falar empresa é difícil não lembrar os momentos alegres, e é dessa forma que eles utilizam o seu tom de voz. Em todas as suas campanhas e maneiras de interagir com o público, a voz está relacionada à felicidade e às boas experiências.

• Nike

Como mencionamos anteriormente, a Nike te uma forma de se comunicar com os consumidores trazendo o sentimento de motivação e inspiração. Isso é feito por meio do slogan “Just Do It”. Com isso, aproveita para usar o seu tom de voz combinado com o storytelling para cativar ainda mais o público.

Em suma, o tom de voz eleva o nível do produto ou serviço que a sua marca oferece. Assim como o branding, é o maior aliado de seu negócio. Pois além de auxiliar na criação da linguagem e da identidade da marca, é responsável por aproximar a sua empresa dos consumidores. E para você que quer dar o start no tom de voz da sua empresa, mas precisa de ajuda, a agência Sinnapse é a escolha certa! Estamos sempre busca evoluir e trazer as melhores estratégias e soluções digitais para os nossos clientes.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Tecnologia