OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 98876-8488 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,432 Arapiraca, AL 26ºC Tempo nublado
Editorias
26/05/2024 16:37
Polícia

Maconha representa 75% e cocaína 20% das drogas apreendidas em AL

No primeiro trimestre de 2024, de 361 quilos de entorpecentes tirados de circulação, 273 eram maconha
/ Foto: Cortesia ao Dário Arapiraca
Redação com Assessoria

 As ações da segurança pública culminaram na apreensão de 361 quilos de drogas nos municípios alagoanos, durante o primeiro trimestre deste ano. Desse total, 273 eram maconha, uma média de 3 quilos apreendidos por dia e que representa 75% dos entorpecentes retirados das ruas. Em relação à cocaína, chegou a 70,9 quilos, 19,6% do total.

De acordo com informações da Polícia Militar, ainda foram apreendidos 8,4 quilos de pasta de cocaína; 7,9 kg de crack e 488 gramas de drogas sintéticas.

Os municípios alagoanos com maior número de ocorrência em Alagoas, em relação à apreensão de drogas, são Maceió, Arapiraca, União dos Palmares, Penedo, Palmeira dos Índios, Maragogi, São Miguel dos Campos, Marechal Deodoro, Santana do Ipanema e Delmiro Gouveia. Essas cidades concentram 69,5% do total de ocorrências de apreensão de entorpecentes.

“Seguindo sempre as diretrizes do nosso líder maior da Segurança Pública de Alagoas, Flávio Saraiva, todos nós juntos, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Científica, Bombeiro Militar e Polícia Penal, estamos sempre trabalhando de forma integrada”, destaca o comandante-geral da Polícia Militar de Alagoas, coronel PM Paulo Amorim.

O comandante acrescenta que, com as inteligências das forças policiais integradas, foi possível reduzir a violência em Alagoas, mais especificamente os homicídios. “Trabalhando juntos, dessa forma, estamos no caminho certo, estamos conseguindo atingir excelentes resultados e reduzir de forma significativa, mês a mês, os números de homicídios”, diz.

A Polícia Militar lembra à população sobre a importância de colaborar com o trabalho das forças de segurança pública ligando para o 190 em casos de situação em flagrante. Outra importante ferramenta gratuita é o Disque-Denúncia, pelo número 181, no qual o anonimato é garantido.

“Estamos protegendo, cada vez mais, o patrimônio privado do cidadão de bem alagoano, enquanto lutamos contra o tráfico de drogas e a criminalidade. Nosso compromisso é trazer ainda mais segurança para nossa comunidade e a quem nos visita. Quando falamos em apreensão, nós entendemos que quanto mais armas e drogas apreendemos, mais segurança estamos promovendo”, completa o comandante-geral.

De acordo com Paulo Amorim, os dados mostram que as forças de segurança têm conseguido reduzir os índices de violência. “O primeiro quadrimestre deste ano, por exemplo, foi o melhor para a Segurança Pública desde 2012. Todos esses resultados comprovam o trabalho dedicado e eficiente da PMAL e dos demais órgãos da Secretaria de Segurança Pública, em parceria com a sociedade civil”, finaliza.


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Polícia
KTO
KTO