OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 98876-8488 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,204 Arapiraca, AL 24ºC Chuvas esparsas
Editorias
19/04/2024 08:35
Polícia

Professoras de criança mordida 19 vezes em escola, são indiciadas por maus-tratos e abandono

Elas vão responder por lesão corporal, maus-tratos e abandono de incapaz. O inquérito foi concluído nesta quinta-feira (18)
/ Foto: Arquivo pessoal
Redação com G1/AL

A Polícia Civil indiciou duas professoras do menino de 2 anos mordido 19 vezes por um colega de classe em uma escola municipal de Coruripe, em Alagoas. Elas vão responder por lesão corporal, maus-tratos e abandono de incapaz. O inquérito foi concluído nesta quinta-feira (18).

A agressão foi denunciada à polícia no dia 1º de março. Segundo o Município, são 21 crianças matriculadas na sala do menino, na Escola Professora Maria Zenaide, e três profissionais para cuidar de todas elas.

O delegado Alexandre César entendeu que duas dessas professoras, no momento da agressão, tinham o "dever jurídico de zelar pela integridade física e mental das crianças dentro da sala de aula". Ele considerou também que "houve abandono já que a criança estava sob os cuidados, guarda e vigilância delas e que a criança era incapaz de se defender sozinha".

Em entrevista ao g1 AL, quando denunciou o caso, a mãe da criança contou que recebeu ligação da escola pedindo que ela fosse buscar o seu filho pois ele havia sido mordido. Segundo a mãe, a criança apresentou comportamento retraído após as agressões e não quis falar sobre as mordidas.

Débora Gomes chegou a postar as fotos das mordidas no Instagram, que mostram vários hematomas por diferentes partes do corpo da criança.

 


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Polícia
KTO
KTO