OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 9-8225-0863 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 4,816 Arapiraca, AL 21ºC Tempo nublado

Notícias

31/12/2021 17:00
Curiosidades
Mulher testa positivo para Covid em voo e fica isolada no banheiro por 3 horas
Fotieo, que está totalmente vacinada e recebeu a dose de reforço, é professora de educação infantil em Chicago
/ Foto: Reprodução

 Depois que uma mulher testou positivo para Covid-19 no meio do voo, o banheiro se tornou seu assento nas próximas horas. Marisa Fotieo estava em um voo da companhia Icelandair de Chicago para Reykjavik, Islândia, em 19 de dezembro, a caminho de seu destino final na Suíça, com seu irmão e pai.

Antes do voo, Fotieo disse à CNN que fez dois testes PCR e cerca de cinco testes rápidos, todos com resultados negativos. Mas, depois de uma hora e meia de voo, Fotieo começou a sentir dor de garganta.

“As engrenagens começaram a girar em meu cérebro e pensei: ‘O, vou apenas fazer um teste’. Isso me faria sentir melhor”, disse Fotieo à CNN. “Imediatamente deu positivo.”

Fotieo, que está totalmente vacinada e recebeu a dose de reforço, é professora de educação infantil em Chicago. Ela faz testes consistentes, pois trabalha com uma população não vacinada.

Quando recebeu os resultados no banheiro do avião, sobrevoando o Oceano Atlântico, disse que começou a entrar em pânico.

“A primeira comissária de bordo que encontrei foi Rocky. Eu estava histérica, estava chorando”, disse Fotieo. “Eu estava nervosa pela minha família com quem acabei de jantar. Eu estava nervosa pelas outras pessoas no avião. Eu estava nervosa por mim mesma.”

Ragnhildur Eiríksdóttir, ou Rocky, a comissária de bordo que Fotieo encontrou, ajudou a acalmá-la.

“É claro que é um fator de estresse quando algo assim acontece, mas isso faz parte do nosso trabalho”, disse Eiríksdóttir à CNN.

A aeromoça disse que fez o que pôde para tentar reorganizar os assentos para que Fotieo pudesse sentar sozinho em um lugar, mas o voo estava lotado.

“Quando ela voltou e me disse que não conseguia encontrar lugares suficientes, optei por ficar no banheiro porque não queria ficar perto de outras pessoas no voo”, disse Fotieo.

Um bilhete foi colocado na porta do banheiro dizendo que ele estava fora de serviço e que aquele era o novo assento de Fotieo para o resto da viagem.

A CNN entrou em contato com a Icelandair nesta quinta-feira (30) para comentar, mas ainda não recebeu uma resposta.

As políticas variam entre as companhias aéreas sobre como lidar com um passageiro positivo para coronavírus. Isso ocorre semanas depois de os Estados Unidos e outros países terem feito restrições às viagens em meio à disseminação da variante Omicron.

Ela ficou dentro do banheiro por cerca de três horas. Eiríksdóttir continuamente a verificava e fornecia bastante comida e bebida.

“Fiquei chocada por estar perdendo uma viagem em família. Fiquei chocada por ficar sozinha na Islândia. Fiquei chocada por ter 20 famílias em casa que acabaram de me receber em sua sala de aula”, Fotieo disse.

Enquanto dentro do banheiro, ela disse que comprou acesso à Internet e fez ligações para avisar a escola. Ela também fez um vídeo para o TikTok, que foi visto mais de 4,3 milhões de vezes, até a tarde de quinta-feira.

Fotieo disse que não se sentia amontoada dentro do banheiro e estava feliz por não estar na cabine principal com o resto dos passageiros, um dos quais era seu pai de 70 anos.

Quarentena na Islândia - Assim que o avião pousou na Islândia, Fotieo e sua família foram os últimos a desembarcar.

Como o irmão e o pai dela não apresentavam nenhum sintoma, eles estavam livres para pegar o voo de conexão para a Suíça. Fotieo fez um teste rápido e um PCR no aeroporto, ambos positivos, disse ela.

Ela foi então transportada para um hotel da Cruz Vermelha, onde começou seus 10 dias de quarentena.

Os médicos a examinaram três vezes ao dia, ela recebia refeições e a medicação estava prontamente disponível. “Honestamente, foi uma experiência fácil”, disse Fotieo. “É parcialmente devido a Rocky e à raça do povo islandês. Todos aqui são tão gentis.”

Durante sua quarentena, ela continuou a documentar a experiência no TikTok. Ela até recebeu presentes de Natal e lanches de Eiríksdóttir, com quem manteve contato nas redes sociais.

“Eu sabia que ela ia ficar sozinha na Islândia”, disse Eiríksdóttir. “Então, mesmo que seja isolado, se você tiver alguém lá que possa lhe trazer algo é bom. Então, eu só tinha que ser esse alguém.”

O último dia de quarentena de Fotieo foi 30 de dezembro e sua família planejava se encontrar com ela nessa ocasião. Eles poderão vivenciar a Islândia juntos para compensar o tempo perdido, já que seu voo de volta aos Estados Unidos será em 3 de janeiro.

E Fotieo tem planos de se encontrar com Eiríksdóttir antes que ela deixe o país. Eiríksdóttir também mencionou ter visitado Fotieo quando ela voou para Chicago.

“Saindo dessa experiência, tenho uma nova amiga e uma nova perspectiva sobre o que os comissários de bordo precisam fazer”, disse Fotieo. “Rocky e a tripulação do voo cuidaram de mim, mas também tiveram que lidar com os outros passageiros no voo.”

Fonte: CNN BRASIL


Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Curiosidades