OUÇA AO VIVO A 96FM
(82) 98876-8488 Whatsapp Diário Arapiraca
Dólar hoje R$ 5,204 Arapiraca, AL 26ºC Tempo nublado
Notícias
27/07/2023 15:35
Curiosidades

Proteção Veicular ou seguro? Qual é o melhor?

Encontre a melhor forma de proteger seu veículo: seguro ou proteção veicular!
Reprodução

Quando o assunto é a segurança do seu carro, é comum ouvir falar sobre seguro e proteção veicular. Mas você sabe exatamente qual a diferença entre eles?
Aqui na APVS Brasil, vamos esclarecer de maneira simples e objetiva as principais distinções entre seguradoras e proteção veicular, para que você possa tomar a melhor decisão na proteção do seu veículo com total tranquilidade.

Enquanto as seguradoras tradicionais são reguladas pela Superintendência de Seguros Privados (Susep) e oferecem uma ampla variedade de coberturas, as associações sem fins lucrativos oferecem a proteção veicular como uma opção, na qual os próprios membros contribuem com uma taxa mensal para cobrir os custos em casos de sinistros.

Ao intender essas diferenças, você estará apto a fazer uma escolha consciente e encontrar a melhor solução para proteger seu carro e dirigir com total tranquilidade e segurança.

No entanto, mesmo que a proteção veicular possa oferecer preços mais acessíveis, é essencial considerar que as coberturas podem variar, sendo fundamental verificar a reputação e confiabilidade da associação antes de fazer sua escolha.

Qual o papel de uma seguradora?

O papel de uma seguradora é oferecer serviços de proteção financeira em situações de sinistros ou prejuízos a terceiros.

O segurado firma um contrato com a seguradora, onde são estabelecidas as coberturas e os valores a serem pagos em casos de sinistro.

Com base no valor do veículo segurado e nas coberturas contratadas, a seguradora determina os valores a serem pagos em caso de necessidade.

A Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), órgão responsável pela supervisão e fiscalização do mercado de seguros, regula as atividades das seguradoras para garantir a segurança e a transparência nas operações.

Ao optar por uma seguradora, o segurado adquire a tranquilidade de ter o suporte financeiro da empresa em momentos inesperados, reduzindo riscos e protegendo seu patrimônio e responsabilidade em situações de danos ou perdas.

Qual o papel de uma proteção veicular?

A proteção veicular é uma alternativa para cuidar do seu veículo, oferecida por associações especializadas nesse serviço.

Nesse modelo, um grupo de pessoas se une com o objetivo de formar essas organizações para proporcionar proteção mútua aos seus veículos.

Uma das principais distinções em relação às seguradoras é que a proteção veicular não é regulamentada pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP).

No entanto, é essencial enfatizar que as associações ou cooperativas devem estar devidamente cadastradas na Agência Nacional de Saúde (ANS) para garantir a prestação de serviços de proteção aos seus associados.

Isso assegura que exista um nível de regulamentação para garantir a qualidade e a segurança dos serviços oferecidos.

Ao optar pela proteção veicular, os proprietários de veículos têm acesso a benefícios e coberturas que visam proteger seus patrimônios. Esses serviços podem incluir cobertura contra roubo, furto, colisão, incêndio e outros eventos indesejados.

É de suma importância avaliar as opções disponíveis no mercado, considerar a reputação e a confiabilidade das associações ou cooperativas, bem como compreender os detalhes e as condições dos contratos para tomar uma decisão informada sobre a proteção do seu veículo.

Veja agora os 5 passos para contratar uma proteção veicular de confiança:

Quem fiscaliza as associações de proteção veicular?

Quais órgãos fiscalizam as associações de proteção veicular? É essencial saber que essas entidades são fiscalizadas por instituições e órgãos competentes para assegurar a segurança e transparência dos serviços oferecidos.

A seguir, mencionamos algumas das entidades que exercem esse papel de fiscalização:

Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) - Órgão responsável por regular e fiscalizar o trânsito no Brasil, incluindo as atividades das associações de proteção veicular.

DPDC (Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor) - Órgão vinculado ao Ministério da Justiça, responsável por proteger os direitos do consumidor e fiscalizar práticas comerciais, incluindo as atividades das associações de proteção veicular.

Ministério Público Federal (MPF) - Instituição responsável por defender os interesses da sociedade e zelar pela legalidade, incluindo a fiscalização das associações de proteção veicular.

FENSEG (Federação Nacional de Seguros Gerais) - Entidade que representa as seguradoras no Brasil e também está envolvida na fiscalização das atividades das associações de proteção veicular.

ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) - Embora seja responsável pela regulamentação e fiscalização dos planos de saúde, também pode estar envolvida na fiscalização de algumas atividades relacionadas a associações de proteção veicular.

Portanto, é fundamental enfatizar que a fiscalização realizada por essas entidades é de extrema importância para garantir que as associações de proteção veicular atuem de maneira ética, legal e transparente, protegendo assim os direitos e interesses dos consumidores que utilizam esses serviços.

Seguro ou proteção veicular? Qual é a melhor opção para proteger seu veículo?

Na hora de proteger seu veículo, você pode estar em dúvida entre escolher um seguro tradicional ou uma proteção veicular oferecida por associações especializadas. Vamos esclarecer as principais diferenças entre essas opções para que você faça a escolha certa com tranquilidade.

As seguradoras tradicionais são reguladas pela SUSEP e oferecem uma ampla variedade de coberturas. Já as associações de proteção veicular são entidades sem fins lucrativos, onde os membros contribuem mensalmente para cobrir os custos em caso de sinistro.

É importante considerar que, embora a proteção veicular possa ter preços mais acessíveis, as coberturas podem variar, e é essencial verificar a reputação e confiabilidade da associação antes de decidir.

Uma seguradora é uma empresa especializada em oferecer proteção financeira em caso de sinistros. Ela estabelece um contrato com o segurado, definindo as coberturas e valores a serem pagos em situações de sinistro. A SUSEP regula as seguradoras para garantir a segurança e transparência nas operações.

A proteção veicular é uma opção oferecida por associações ou cooperativas especializadas, onde os membros se unem para oferecer proteção mútua aos veículos. Essas associações devem estar cadastradas na ANS para garantir a prestação de serviços com qualidade e segurança.

Ao optar pela proteção veicular, você terá acesso a coberturas contra roubo, furto, colisão, incêndio e outros eventos indesejados. Avalie as opções disponíveis, considere a reputação das associações e entenda os detalhes dos contratos para tomar uma decisão informada.

Quando se trata de escolher entre seguro e proteção veicular, considere suas necessidades e expectativas. A APVS Brasil é uma opção confiável, com ampla experiência e reputação no mercado.

Realize uma pesquisa detalhada, converse com representantes e busque recomendações de clientes satisfeitos. Clique AQUI é acesse nosso site para uma consultoria gratuita.

Analise as coberturas oferecidas, valores das mensalidades, facilidade de acionamento em caso de sinistro e atendimento ao cliente. Com a APVS Brasil, você terá a garantia de proteger seu veículo com segurança e tranquilidade, de acordo com suas expectativas e necessidades.

Descubra qual é a melhor opção para proteger o seu veículo: APVS ou seguro tradicional!

Ao fazer a escolha entre a Associação de Proteção e Assistência aos Proprietários de Veículos (APVS) e o seguro tradicional, é importante considerar diversos fatores que podem influenciar a decisão. Abaixo, destacamos algumas considerações essenciais para os proprietários de veículos levarem em conta:

Valor do veículo: O valor do veículo desempenha um papel crucial na escolha entre APVS e seguro tradicional. Se o veículo tem um alto valor de mercado, a partir de 200 mil reais, pode ser mais vantajoso optar por um seguro tradicional, pois ele oferece uma cobertura mais abrangente contra roubos, colisões e danos. Porém, se o veículo possui um valor mais baixo, até 200 mil reais, a APVS pode ser uma opção mais econômica, uma vez que suas mensalidades tendem a ser mais acessíveis.

Frequência de uso: A frequência de uso do veículo também é um fator importante na escolha entre APVS e seguro tradicional. Se o veículo é utilizado com frequência e está sujeito a um maior risco de acidentes ou roubos, a APVS pode fornecer uma proteção mais completa. Entretanto, se o veículo é utilizado raramente, o seguro tradicional pode ser uma alternativa viável, pois oferece assistência em caso de imprevistos, como pane seca ou problemas mecânicos.

Perfil do motorista: O perfil do motorista, incluindo idade, histórico de condução e experiência, também deve ser considerado. Em alguns casos, motoristas mais jovens ou com histórico de acidentes podem enfrentar dificuldades em obter uma apólice de seguro tradicional a um preço acessível. Nestes casos, a APVS pode ser uma opção mais vantajosa, pois geralmente não exige análise de perfil ou histórico de condução.

Área geográfica de circulação: A região onde o veículo será utilizado é outro aspecto relevante. Se a área apresenta altos índices de roubo de veículos ou taxas elevadas de acidentes, um seguro tradicional pode ser mais recomendado, pois oferece uma cobertura mais abrangente para essas situações. No entanto, se considerarmos a área como de baixo risco, a APVS pode atender às necessidades de proteção do veículo.

Capacidade financeira para lidar com despesas imprevistas: A capacidade de arcar com despesas imprevistas também deve ser levada em consideração. Enquanto um seguro tradicional pode exigir o pagamento de uma franquia em caso de sinistros, a APVS geralmente oferece assistência sem a necessidade de desembolso adicional. Se o proprietário não possui reservas financeiras para lidar com essas despesas extras, a APVS pode ser uma opção mais adequada

Em última análise, a escolha entre APVS e seguro tradicional depende das necessidades individuais e prioridades do proprietário do veículo.

Recomenda-se comparar as opções disponíveis, analisar os benefícios e as limitações de cada uma e considerar os fatores mencionados acima.

Em alguns casos, pode ser benéfico combinar a APVS com um seguro adicional para obter uma proteção mais abrangente. É aconselhável buscar orientação de um profissional para tomar a melhor decisão para a proteção do seu veículo. Clique AQUI para tirar suas dúvidas.

Qual o prazo de indenização da APVS? Saiba agora assistindo o vídeo abaixo:

Quais são as coberturas do seguro automotivo?

As coberturas oferecidas pelo seguro automotivo podem variar de acordo com o plano e a seguradora escolhidos. No entanto, algumas das coberturas mais comuns incluem:

Cobertura contra colisão: Protege contra danos causados ao veículo em acidentes de trânsito, independentemente da culpa.

Cobertura contra roubo e furto: Indeniza o proprietário do veículo em caso de roubo, furto ou tentativa de furto.

Cobertura contra danos a terceiros: Responsabilidade civil que cobre os danos materiais e pessoais causados a outras pessoas ou propriedades.

Cobertura contra incêndio: Protege contra danos causados por incêndios no veículo.

Cobertura contra danos naturais: Oferece proteção contra danos causados por enchentes, tempestades, granizo, entre outros eventos naturais.

Cobertura contra danos a vidros: Repara ou substitui vidros danificados do veículo.

Assistência 24 horas: Serviços de guincho, socorro mecânico, chaveiro, troca de pneus e outros serviços emergenciais.

Cobertura para acessórios: Indeniza os danos ou roubo de acessórios instalados no veículo.

É essencial verificar atentamente a apólice de seguro para compreender quais coberturas estão incluídas e se atendem às suas necessidades. Recomenda-se também comparar as opções de seguradoras para encontrar o plano que melhor se adeque ao perfil e às exigências do proprietário do veículo.

Quais são as coberturas e benefícios da APVS Brasil?

Conheça as coberturas e benefícios oferecidos pela APVS Brasil, a maior proteção veicular da América Latina, com mais de 300 mil associados ativos e ampla abrangência em todo o país. Nossa sede em Belo Horizonte possui mais de 14 mil metros quadrados, garantindo um suporte de excelência para todos os associados.

Confira algumas das vantagens que a APVS Brasil oferece:

  • ISENÇÃO DE FRANQUIA para Roubo, Furto, Perda Total e Terceiros;
  • Valor de mercado FIPE à vista (sem parcelamentos);
  • Cobertura Total contra Incêndio;
  • Proteção contra Roubo e Furto;
  • Cobertura para Colisão e Perda Total;
  • Aplicativo Exclusivo para Associados;
  • Clube de Benefícios APVS;
  • Serviços Exclusivos;
  • Consultoria Especializada.

Benefícios adicionais disponíveis:

  • Proteção de Vidros com até 70% de cobertura;
  • Carro Reserva com opções de 7, 14 e 30 dias;
  • PAR - Proteção a Terceiro com opções de 30 e 50 mil de cobertura;
  • Reboque/Guincho com distâncias de 400, 600 e 1000 km.

Além disso, oferecemos alguns bônus especiais:

  • Auxílio Funeral;
  • Assistência Pet;
  • Assistência Residencial.

A APVS Brasil está comprometida em fornecer aos seus associados uma proteção veicular completa e serviços exclusivos para garantir a tranquilidade e segurança dos proprietários de veículos.

Conte conosco para proteger o seu patrimônio e desfrute de todos os benefícios que oferecemos. Faça parte da nossa família de associados!

Conheça nossa sede localizada em Belo Horizonte:

Conclusão

Em conclusão, a escolha entre proteção veicular ou seguro depende das necessidades individuais, perfil do motorista e valor do veículo. Ambas as opções têm vantagens e desvantagens, sendo essencial comparar coberturas e benefícios para tomar a melhor decisão de proteção para o veículo.

Link da página:

Utilize o formulário abaixo para enviar ao amigo.

Curiosidades
KTO
KTO